Impactos do novo aeroporto no turismo e na economia do estado do rn.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1037 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE POTIGUAR

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

CURSO DE TURISMO

DIOGO BERNARDO

DOUGLAS PESSOA

ÍCARO MARQUES

MARCELLO MACIEL

IMPACTOS DO NOVO AEROPORTO NO TURISMO E NA ECONOMIA DO ESTADO DO RN.

NATAL

2011

DIOGO BERNARDO

DOUGLAS PESSOA

ÍCARO MARQUES

MARCELLO MACIEL

IMPACTOS DO NOVO AEROPORTO NO TURISMO E NA ECONOMIA DO ESTADO DO RN.

Trabalhodesenvolvido durante a disciplina de Metodologia Cientifica, como parte da avaliação referente ao segundo Semestre.

Profesor(a): Maria da Graça

NATAL

2011

TEMA: Impactos do novo aeroporto no turismo e na economia do estado do RN.

PROBLEMÁTICA:

O transporte aéreo é um dos setores mais dinâmicos da economia mundial. Ele cumpre importante papel estimulando as relações econômicas e ointercâmbio de pessoas e mercadorias, intra e entre as nações. Ele também responde de forma direta e quase imediata às flutuações conjunturais, tanto políticas como econômicas, do mundo e das economias nacionais.

Tendo em vista a incapacidade já comprovada do aeroporto Augusto Severo em atender as alta demanda turísticas e econômicas do estado (importação e exportação), foi evidente a necessidade daconstrução de um novo aeroporto com maior capacidade tanto para passageiros quanto para cargas.

Sabendo que Natal tem uma localização estratégica, já que é o ponto mais próximo da Europa. Será que este novo aeroporto atenderá as expectativas decorrentes da copa de 2014?

HIPÓTESES:

* Com a implementação de um aeroporto de maior porte como será o de São Gonçalo do Amarante, o Rio Grande do Nortepassará a ser a porta de entrada tanto de turistas como de carga a serem distribuídas no país;

* Devido a boa localização geográfica o novo aeroporto possibilitará uma maior vazão de exportação tanto de carga quanto de passageiros;

* Haverá uma maior geração de emprego, uma infraestrutura de qualidade e uma melhor qualificação dos profissionais.

JUSTIFICATIVA:

O aeroporto de Natal hámuito tempo se tornou obsoleto, pois não tem a capacidade de atender as necessidades potenciais demandadas com a chegada da copa de 2014 e o futuro crescimento econômico do estado.

Tendo em vista a necessidade de um novo sítio aeroportuário de maior porte faz-se necessário um estudo sobre os impactos sociais e econômicos sobre o estado. Faz-se necessário uma infraestrutura aeroportuária demaior porte para que atenda as necessidades que a copa 2014 irá demandar, como recepção e distribuição de turistas e cargas.

Com a chegada do novo aeroporto, além de melhorar a qualidade de vida da população devido a maior geração de emprego e melhor infraestrutura de acesso nas aéreas periféricas, o aeroporto trará um maior conhecimento do estado perante a demanda turística, fazendo assim com queaumente a demanda turística local.

OBJETIVOS:

* Explorar o potencial turístico da cidade do Natal, trazendo a tona possíveis benefícios que o aeroporto trará para a economia do estado;

* Assimilar as mudanças que acontecerão no estado, no âmbito da infraestrutura aeroportuária e suas implicações no contexto urbano;

* Conscientizar a população da necessidade de profissionalizar-se naárea, especializando-se em tecnologia e sistemas mais recentes.

REFERENCIAL TEÓRICO:

Não está previsto que os dois continuem operando. Mas se for, tem local para os dois. E dependendo da demanda, é sempre bom ter opções. Além de gerar a concorrência para o maior e mais aguardado empreendimento do Estado – a construção do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante vem sendo aguardada há15 anos, quando começaram as desapropriações – a continuidade do serviço comercial do Augusto Severo contraria o edital da Anac que gerou a concessão. – MELLO.

Professora da UFRN Maria do Livramento, que estuda a Região Metropolitana de Natal disse: “O Aeroporto é um meio e não um fim. Através dele é possível dar um salto em desenvolvimento, mas ele sozinho não é capaz de provocar uma...
tracking img