Impactos Copa do Mundo 2014

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1140 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução


O presente trabalho é sobre os investimento para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil e sobre os benefícios que trouxe para a África do Sul, na Copa do Mundo da África do Sul de 2010, mais concretamente, sobre os impactos nacionais, impactos no estados e cidades-sede e choque de produtividade. São objetivos desse trabalho, mostrar os benefícios e prejuízos que a copa trará aoBrasil. A metodologia utilizada, foi a pesquisa pelo meio tecnológico da internet.

























Os investimentos para Copa de 2014 no Brasil

O Ministério do Esporte anunciou no início de fevereiro de 2010 os investimentos em infraestrutura para a Copa-2014, no que diz respeito à mobilidade urbana (avenidas, corredores metropolitanos, acessos a aeroportos,urbanização no entorno dos estádios), reformas e construção de estádios. Segundo estes dados, quase a todos os investimentos (R$ 10,1 bilhões) serão financiados por órgãos e esferas públicas (Tabela 1). Isso mostra que nenhum, ou muito pouco dessas obras são financiadas por iniciativa privada. O governo federal fala que o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) buscará parte dosrecursos em empréstimos feitos junto às condições e operações de mercado, o que pode ser considerado um financiamento privado.

TABELA 1: Investimentos previstos em obras para a Copa-2014 (R$ milhões).


TABELA 2: Investimentos previstos por Cidades-Sede para a Copa-2014.

TABELA 3: Choque de produtividade da operação das infraestruturas urbanas (var.%).




Resultado das simulaçõesImpactos nacionais

Feitas estas considerações e descritas às principais hipóteses envolvidas nas fases de construção e operação dos investimentos previstos para a Copa-2014, os impactos na economia brasileira variam de acordo com as suas fontes de recursos nas simulações de construção. O consumo das famílias tem variação negativa quando o financiamento é considerado privado. O consumo dogoverno, por sua vez, financia os investimentos em Im5 (estádios). Nas demais simulações da fase de construção o consumo do governo e das famílias não são impactados. O PIB e o emprego crescem com os investimentos na fase de construção, a não ser na simulação com financiamento público (Im5), devido ao efeito negativo da queda do consumo do governo. Observa-se que a queda do consumo do governo éacompanhada por uma variação negativa do emprego (Im5), visto que a administração pública é um setor intensivo em trabalho e que remunera parcela significativa da força de trabalho da economia.
O impacto estimado dos investimentos da Copa-2014 no Brasil é de elevação de 0,7% no PIB e 0,5% no emprego, relativamente a um cenário em que o evento não ocorresse. O efeito multiplicador dos investimentos éligeiramente inferior a 1 (0,92), uma vez que estes representam uma injeção de recursos de 0,75% do PIB (ano base 2003). A queda nas exportações e a elevação das importações refletem as necessidades dos novos investimentos e a elevação dos custos de produção (crescimento do deflator do PIB e do índice de preços do consumo, IPC). Assim, constata-se que a Copa gera um déficit marginal na balançacomercial do país. Na simulação de operação (OP), por sua vez, o efeito positivo sobre o PIB reflete os ganhos de produtividade associados às melhorias da infraestrutura urbana.

TABELA 4: Impactos da Copa-2014 no Brasil: fases de construção e operação (var.%).




Os investimentos da Copa de 2010 na África do Sul

Estudo da Grant Thornton África do Sul revela o impacto da Copa de 2010 naeconomia sul-africana. De acordo com os dados, a média de ocupação dos hotéis aumentou 61%, enquanto a ocupação cresceu 18%. Os gastos com cartões apresentaram elevação de 55% e as vendas no varejo registraram expansão de 7,4%.
A indústria de Alimentos e Bebidas cresceu 10,4% e o mercado de cerveja sozinho teve uma elevação de 12%. “Além dos reflexos nos números contribuindo com o PIB do País, o...
tracking img