Impactos ambientais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1537 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ENSINO NACIONAL
ENSINONACIONAL.COM.BR
CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL

















Impacto ambiental em parcelamentos de solos








ISMAEL AUGUSTO LENZ










Trabalho de Conclusão apresentado ao Instituto EnsinoNacional, como parte dos requisitos para obtenção da Certificação ao Curso: Gestão Ambiental.






SantoCristo/RS, XX de maio, 2012



SUMÁRIO




IMPACTO AMBIENTAL ..................................................... III



Introdução ......................................................................... 1

Urbanização e Meio Ambiente .......................................... 2



Gestão Ambiental em parcelamento de solos ..................... 2

CONCLUSÕES................................................................. 3

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ................................. 4



IMPACTO AMBIENTAL



Atualmente no mundo a forma de urbanização é decorrente do processo de industrialização e de uma sociedade consumista, provocando diferenças entre o ambiente e o social nas áreas urbanas.
A Carta da Terra verificou que os paísesdesenvolvidos são os maiores poluidores do mundo, assim sendo, têm a responsabilidade de ajudar os países em desenvolvimento, que ainda não poluem e não possuem avanços científicos que os ajudem a um crescimento sem depredar. Portanto esse documento reconhece que os estados possuem direitos sobre seus recursos naturais de sua região, garantindo que a exploração não acarrete danos ao meio ambiente deoutros países, com a obrigação de compensar as vítimas de poluição e outros danos ambientais.
A Agenda 21 vem da concordância da comunidade mundial em relação a questões
Sócio-ambientais, a qual, no seu capítulo IV, há uma preocupação com a melhoria da qualidade de vida com relação ao desenvolvimento sustentável, baseado na erradicação da pobreza: qualquer política de desenvolvimento voltadoprincipalmente para o aumento da população de bens, caso deixe de levar em conta a sustentabilidade dos recursos sobre os quais se baseia a produção, mais cedo ou mais tarde haverá de defrontar-se com um declínio de produtividade e isso também poderia ter um impacto adverso sobre a pobreza. Uma estratégia voltada especificamente para o combate à pobreza, portanto, é requisito básico para aexistência de desenvolvimento sustentável.
A partir deste contexto a construção civil é um setor que diminui os efeitos da crise por absorver mão-de-obra sem qualificação profissional, mas não é o suficiente para diminuir o desemprego, isto é, atua somente como uma ajuda. Na verdade facilita a migração dos menos favorecidos para a cidade, porém é desolador observar o aumento da deterioração domeio ambiente na maioria das cidades brasileiras, onde o ambiente degradado é decorrente das construções modernas, que acabam por segregar o espaço geográfico.
Na história da humanidade a preocupação com a urbanização vem desde a época dos impérios, onde foram encontrados modelos de urbanização destinados a garantir a segurança das edificações, incluindo a salubridade. Nos centros urbanos, ascaracterísticas mais comuns são as vias de tráfego, escolas, hospitais, transportes e centros de lazer, sendo o comércio, os serviços urbanos e a indústria, as principais atividades econômicas.
Portanto, para a urbanização mundial, o crescimento industrial é um novo começo e tem colaborado para a propagação dessas grandes aglomerações. Hoje, mundialmente convive-se com um rápido processo deurbanização. No século XIX, apenas 1,7% da população mundial era urbana, em 1950 era 21%, em 1960, 25%. Deste modo, a urbanização é um acontecimento atual que está em crescimento.
A ocupação das APPs no Brasil que são consideradas como, fundo de vale ocasionam diversos problemas para os rios, através do aumento do desmatamento, o que, consequentemente, acarreta a erosão das margens e a...
tracking img