Impacto da crise financeira de 2008/2009 nos principais bancos de capital aberto no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2656 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
IMPACTO DA CRISE FINANCEIRA DE 2008/2009 NOS PRINCIPAIS BANCOS DE
CAPITAL ABERTO NO BRASIL
JUNIOR, Wilson Mouro Rodrigues. TCC, Ciências Contábeis, Fecilcam,
wilsonrojunior@hotmail.com
SANTOS, Marcelo Costa dos. TCC, Ciências Contábeis, Fecilcam,
marcelocosta1210@hotmail.com
FERREIRA, Jorge Leandro Delconte (OR), Fecilcam, agroferrer@gmail.com
INTRODUÇÃO
A última grande crise financeira,que começou a se manifestar em meados de 2007
nos Estados Unidos, afetou inúmeras empresas em todo o mundo, em especial nos Estados
Unidos e Europa. Muitas organizações, antes vistas como inabaláveis, sucumbiram à crise.
Várias buscaram auxílio junto aos governos para manterem suas operações, como a
General Motors e a Ford, garantindo que adaptariam suas operações aos novos tempos.
Algumasempresas não conseguiram obter essa ajuda, como o banco Lehman Brothers, que
entrou em concordata. Sua falência foi o estopim para que a crise de confiança no mercado
financeiro se alastrasse pelo mundo.
A confiança no sistema financeiro ruiu. Ouvia-se na mídia que muitos bancos em
todo o mundo sofriam com problemas de liquidez, por terem em seus ativos muitos “títulos
podres”, lastreados nosfinanciamentos imobiliários para a população de baixa renda dos
Estados Unidos, que não pagaram suas dívidas. Mas também se ouvia que os bancos
brasileiros batiam seus recordes de lucratividade durante o período da crise.
Com tudo isto em mente, este trabalho se propõe a responder a seguinte pergunta:
Quais os impactos da crise financeira de 2008/2009 na liquidez, rentabilidade e
endividamentodos principais bancos de capital aberto no Brasil?
Para responder esta questão, foi feita a análise econômico-financeira dos quatro
maiores bancos de capital aberto do Brasil (Banco do Brasil, Bradesco, Itaú-Unibanco e
Santander), de forma individual e comparativa, analisando-se suas demonstrações
financeiras dos anos de 2006 a 2009 e alguns indicadores. É apresentado ainda, de formasucinta, o que foi a crise financeira de 2008/2009.
A motivação para a realização deste artigo é o fato serem poucos os trabalhos que
buscam mostrar o impacto da crise sobre os bancos. Com a análise destes quatro bancos, é
possível uma razoável visualização de todo o setor. Por serem instituições de capital aberto,
permitem diversas análises e comparações com o valor de suas ações no período dacrise,
servindo aos interesses dos investidores.

São escassos os trabalhos na área contábil que buscam analisar o desempenho dos
bancos, e menos ainda os que o fazem sobre a ótica de uma crise econômico-financeira,
neste caso, a maior das ultimas décadas. Para os estudantes da área, este trabalho é a
oportunidade de se aprofundar no estudo da análise das demonstrações financeiras, e
também deentender a gênese e o desenvolvimento de uma crise.
Ressalta-se neste trabalho a contabilidade como ferramenta para compreensão da
realidade econômica nacional, mostrando um olhar expandido sobre ela, como um
instrumento de informação para toda sociedade, e não apenas como uma ferramenta
individual de gestão empresarial.
A CRISE FINANCEIRA

A última crise financeira, que atingiu seu ápicena segunda met ade de 2008, é a mais
grave e severa desde a Crise de 1929. Sendo inicialmente uma crise de inadimplência no
mercado imobiliário americano, logo tomou proporções mundiais, tonando-se uma crise
sistêmica. A crise financeira teve forte impacto na economia re al, gerando desempregos e
levando várias empresas à falência.
De acordo com HERMANN (2009, p. 138), “cada crise financeiramarca o fim de um
ciclo de crescimento econômico e do endividamento...”, e com a crise atual, não foi
diferente. A euforia do mercado, com as empresas procurando alavancar cada vez mais
suas operações através da compra de várias inovações financeiras, mascarou a “bolha” que
se formava.
Foram vários os fatores que, reunidos, contribuíram para o surgimento da crise e sua
disseminação a nível...
tracking img