Immanuel kant: deontologia e criticismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1397 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Immanuel Kant: Criticismo e Deontologia

Racionalismo Kantiano

O pensamento kantiano definido como criticismo, deu-se como reação ao Racionalismo Dogmático. O criticismo filosófico kantiano é uma reação ao dogmatismo e ao ceticismo. Dogmatismo: toda filosofia que se prende à discussões metafísicas para além daquilo que pode ser provado.Ceticismo filosófico: toda filosofia que descartaverdades absolutas ou certezas absolutas...Entre esses extremos,procura posicionar-se a filosofia kantiana,conciliando inclusive o empirismo e o idealismo,redundando num racionalismo que acaba por reorientar os rumos das filosofias moderna e contemporânea.
A filosofia kantiana, tomada pelo nome de criticismo, procurou mostrar que o conhecimento representa uma síntese entre o racionalismo e o empirismo.Pode-se encarar o criticismo como uma atitude que pregava que todo conhecimento deve ser submetido a uma crítica de seus fundamentos, para ele, a crítica é um "convite feito à razão para empreender de novo a mais difícil das tarefas, o conhecimento de si mesma". Segundo Kant o sujeito conhece porque possui categorias ou conceitos puros a priori, que se adéquam à experiência e que permitemconhecer, assim, o conhecimento tem origem na sensibilidade e no entendimento. Assim, o conhecimento tem uma matéria que é a posterior, que é variável porque é dada pelas intuições sensíveis ou sensações. Neste sentido a teoria kantiana do conhecimento, contamina o objeto, pela razão humana.

Ética Kantiana

A preocupação de Kant está em dizer que não é através da razão e nem na experiência que ohomem conseguirá alcançar a felicidade, colocada como uma realização pessoal, não de forma egoísta, mas procurando uma universalidade desta felicidade, ou seja, todos buscando a igualdade entre os homens, o "dever ser", o ideal das relações humanas, fazendo o bem sem almejar uma troca de benefícios para si. A preocupação kantiana está em dizer que a razão humana é insuficiente para alcançar o modeloideal de realização da felicidade humana. O criticismo detecta na razão um instrumento incapaz de fornecer todas as explicações e de produzir todas as informações necessárias para explicar as razões últimas do existir, do querer,do existir eticamente.O que inquieta Kant nas suas discussões, de um lado é relatar a insuficiência do sistema racional para a resolução do conflito ético humano,bemcomo,de outro lado, relatar que não na experiência sensível se encontrará o elemento que garanta a felicidade e a realização ética humanas.
Kant estrutura a sua teoria do conhecimento fazendo a distinção dos imperativos hipotéticos e categóricos, porém, enfatizando o segundo. O imperativo hipotético não busca a realização das ações pelo simples ato da prática da moral social, mas sim, como meio paraalcançar alguma outra coisa, a outra pessoa é usada como meio de realização de seus objetivos. Já o imperativo categórico prega que as suas ações devem ser realizadas sem esperar um retorno de suas ações.
A ética para Kant se refere ao simples compromisso de seguir aos preceitos fundamentais da moral somente pelo simples fato de o fazer, ou seja, a ação é determinada segundo o princípio moral,denominado imperativo categórico. Para Kant o agir livremente é o agir moral, e agindo moralmente é estar agindo de acordo com o dever, buscando a máxima deste imperativo, objetivando nas suas ações alcançar o bem geral, universal. Agir de acordo com o imperativo é a substância da ética kantiana
Para Kant o homem como ser autônomo, liberto e racional tem o domínio de si e age de acordo com a suavontade, e como tal deve buscar o fim em si mesmo e não usando outrem como meio, pois aí estaria afrontando o dever moral.Kant prega um mundo ideal, moral, livre de quaisquer ações de experiências, voltado unicamente à busca da felicidade, a qual depende de uma lei pragmática que busca a realização de atitudes e o alcance de determinados objetos que vise esse fim, colocando a ética no campo da...
tracking img