Iluminismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1649 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
O Iluminismo foi um movimento intelectual que surgiu durante o século XVII na Europa, e pregava maior liberdade econômica e política. O Iluminismo era apoiado pela burguesia, pois os pensadores e os burgueses tinham interesses comuns. As críticas do movimento ao Antigo Regime eram em vários aspectos como: Mercantilismo (intervenção na economia); Absolutismo monárquico (proteção anobreza); Poder da igreja (verdades reveladas pela fé). O Iluminismo defendia a liberdade econômica (ou seja, sem a intervenção do Estado na economia), o avanço da ciência e da razão (Antropocentrismo) e o predomínio da burguesia e seus ideais. Foi neste contexto que teve inicio a “revolução Iluminista” onde serão discorridos a seguir seus ideais, seus idealizadores bem como sua influência naformalização de um novo contexto dentro antiga sociedade e as futuras também.

Iluminismo
No século XVIII, uma nova corrente de pensamento começou a tomar conta da Europa defendendo novas formas de conceber o mundo, a sociedade e as instituições. O chamado movimento iluminista aparece nesse período como um desdobramento de concepções desenvolvidas desde o período renascentista, quando os princípios deindividualidade e razão ganharam espaço nos séculos iniciais da Idade Moderna. O iluminismo foi um movimento global, ou seja, filosófico, político, social, econômico e cultural, que defendia o uso da razão como o melhor caminho para se alcançar a liberdade, a autonomia e a emancipação. No século XVII o francês René Descartes concebeu um modelo de verdade incontestável. Segundo este autor, averdade poderia ser alcançada através de duas habilidades inerentes ao homem: duvidar e refletir. Nesse mesmo período surgiram proeminentes estudos no campo das ciências da natureza que também irão influenciar profundamente o pensamento iluminista. O centro das idéias e pensadores Iluministas foi a cidade de Paris. Entre outros estudos destacamos a obra do inglês Isaac Newton. Por meio de seusexperimentos e observações, Newton conseguiu elaborar uma série de leis naturais que regiam o mundo material. Tais descobertas acabaram colocando à mostra um tipo de explicação aos fenômenos naturais independente das concepções de fundo religioso. Dessa maneira, a dúvida, o experimento e a observação seriam instrumentos do intelecto capazes de decifrar as “normas” que organizam o mundo. Tal maneira derelacionar-se com o mundo, não só contribuiu para o desenvolvimento dos saberes no campo da Física, da Matemática, da Biologia e da Química. O método utilizado inicialmente por Newton acabou influenciando outros pensadores que também acreditavam que, por meio da razão, poderiam estabelecer as leis que naturalmente regiam as relações sociais, a História, a Política e a Economia. Um dos primeirospensadores influenciados por esse conjunto de idéias foi o britânico John Locke. (1632-1704) Ele foi um dos principais representantes da revolução ideológica iluminista e teve como principal obra o Segundo tratado do governo civil. Para ele, contemporâneo da Revolução Gloriosa, os homens possuem a vida, a liberdade e a propriedade como direitos naturais. Para preservar esses direitos, deixaram o“estado de natureza” e estabeleceram um contrato entre si, criando o governo e a sociedade civil. Assim, os governos teriam por finalidade respeitar os direitos naturais e, caso não o fizessem, caberia à sociedade civil o direito de rebelião contra o governo tirânico. Para Locke, “[...] ao governante não lhe caberia jamais o direito de destruir, de escravizar, ou de empobrecer propositadamente qualquersúdito; as obrigações das leis naturais não cessam, de maneira alguma, na sociedade; tornam-se até mais fortes em muitos casos”. Sobre o entendimento humano, definiu sua filosofia, afirmando que todo o conhecimento se faz com a própria capacidade intelectual do homem e se desenvolve mediante sua atividade. O filósofo negava assim, o direito dos governantes ao autoritarismo e à aplicação do...
tracking img