Ilpf

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6626 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ISSN 1516-7860

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta na Região Noroeste do Paraná

86

Na atualidade a agricultura é submetida a grandes desafios, como a produção de alimentos, em elevada quantidade e qualidade, energia, fibra, madeira e outros bens para a humanidade e, ainda, auxiliar na mitigação de gases causadores do efeito estufa. Soma-se a isso a necessidade de atender essas demandascom o mínimo impacto ambiental, associado ao reduzido consumo de insumos que apresentam reservas finitas no planeta, como fósforo, potássio e petróleo. Isso se torna mais complexo com a inserção de fatores sociais. Dessa forma, o grande desafio é a produção de bens que a humanidade demanda com baixo impacto ambiental e, ao mesmo tempo, permitindo que as famílias de agricultores consigam viver comdignidade no meio rural. Nesse contexto, a alternativa mais apropriada é o uso de sistemas de produção que ocupem eficientemente os recursos disponíveis nos agroecossistemas, concomitante à melhoria da qualidade do solo e da água, redução do consumo de insumos e geração de maior renda por área (Balbinot Jr. et al., 2009; Nair et al., 2010). A Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) é umsistema importante para atingir esses objetivos (Nair et al., 2010; Reganold et al., 2011), pois pressupõe a recuperação de áreas degradadas, aumento da diversificação, redução de riscos, melhoria da qualidade do solo e água, alto bem-estar animal, além de auxiliar na mitigação de gases causadores de efeito estufa (GEE), principalmente dióxido de carbono. A iLPF pode ser definida como um sistema deprodução que alterna, na mesma área, o cultivo de espécies para produção vegetal, pastagens e florestas, de forma concomitante ou não, de modo que haja sinergia entre as atividades (Nair et al., 2010). É importante ressaltar que a iLPF é uma das tecnologias que compõem os compromissos voluntários assumidos pelo Brasil na ultima Conferência sobre Mudanças Climáticas (COP-15, realizada em Copenhague, em2009) para a redução das emissões de GEE. Esse compromisso foi oficializado no “Plano Setorial para a Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura”, o que se convencionou chamar de “Plano ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono)” (Brasil, 2009; Brasil, 2010). Neste plano estão previstas diversas ações de capacitação de técnicos e produtores rurais, estratégias detransferência de tecnologia, pesquisa, fortalecimento da assistência técnica e extensão rural, incentivos econômicos, linhas de crédito rural, entre outras. O “Programa ABC”, instituído pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento já disponibilizou R$ 3,15 bilhões, com juros e prazo de financiamento diferenciados, no Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012, para o financimento de projetosque contribuam para a redução na emissão de GEE, como os sistemas de iLPF. O objetivo desse trabalho é apresentar e discutir os resultados obtidos nos dois primeiros anos de trabalho com iLPF no município de Santo Inácio, na região Noroeste do Paraná.

Londrina, PR Agosto, 2011

Julio Cezar Franchini Engenheiro Agrônomo, Dr. Embrapa Soja, Londrina, PR franchin@cnpso.embrapa.br

AutoresVanderlei Porfírio da Silva Engenheiro Agrônomo, Dr. Embrapa Florestas, Colombo, PR porfirio@cnpf.embrapa.br Alvadi Antonio Balbinot Jr. Engenheiro Agrônomo, Dr. Embrapa Soja, Londrina, PR balbinot@cnpso.embrapa.br Fernando Sichieri Engenheiro Agrônomo Estância JAE, Santo Inácio, PR fernandosichieri@bol.com.br Ricardo Padulla Engenheiro Agrônomo Fartura Consultoria Agropecuária, Colorado, PRricardopadulla@hotmail.com Henrique Debiasi Engenheiro Agrônomo, Dr. Embrapa Soja, Londrina, PR debiasi@cnpso.embrapa.br Sueli Sato Martins Engenheira Florestal, Dra. Viveiro Mina d´água Faz. Canadá, Paiçandu, PR viveirominadagua@hotmail.com

2

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta na Região Noroeste do Paraná

Caracterização do meio físico e dos sistemas de produção na região Noroeste do Paraná...
tracking img