Igreja primitiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7535 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA DO CRISTIANISMO

Segundo alguns historiadores o topo culminante que assinala, o ponto de partida do Cristianismo é o Monte das Oliveiras. Foi ali que Jesus Cristo o Nazareno, cerca do ano 30 da nossa era, ministrou seus últimos ensinamentos a cerca de 500 discípulos, antes de ascender aos céus, dos quais 120 permaneceram até o dia dos pentecostes.
No dia de Pentecostes o EspíritoSanto desceu sobre aqueles 120 irmãos reunidos, estando ali também os 12 apóstolos, os quais sendo cheio do Espírito Santo, proclamaram oficialmente as boas nova do Cristianismo e deram impulso a este movimento começado por Cristo.
O cristianismo iniciou sua historia com um movimento de caráter mundial através do grande derramamento do Espírito Santo na primavera do ano 30 d.C. e esse avivamentoserviu para iluminar a mente dos discípulos dando-lhes um novo conceito dp reino de Deus, fazendo com que ele compreendessem que aquele reino não era um império político, mas sim um reino espiritual para conquistar o mundo por amor de Cristo.
A principio o Cristianismo era constituído de três categorias de pessoas : Judeus, Gregos e Prosélitos. Os judeu eram classificados primeiro como Hebreusrepresentados pelos judeus que não seguiram a dispersão, e sempre moraram na palestina, e segundo os Judeus-Helenistas, representados por aqueles que se dispensaram pelas nações e se misturaram com os gentios; os gregos eram considerados todos aqueles que não eram descendentes de Judeus, e os Prosélitos eram aqueles pagãos que haviam se convertido á lei Judaica.
A principio o Cristianismo estavalimitado apenas á cidade de Jerusalém, porém com a perseguição a partir da morte de Estevão, os crentes da igreja de Jerusalém se espalharam por toda a parte do império, deixando o Cristianismo sem está restrito apenas ao povo Judeu, alcançando a Síria, Ásia menor, e outras regiões. Porém o grande triunfo do Cristianismo para a sua expansão foi a conversão de Paulo, e em toda a história do Cristianismo,nenhuma conversão a Cristo, trouxe resultados tão importantes e fecundos para o mundo inteiro, como trouxe a conversão do Apóstolo Paulo. Por decisão favorável dos Apóstolos no concílio de Jerusalém referente a evangelização de todos os povos, deu um grande impulso ao Cristianismo entre os Gentios. Ás viagens missionárias de Paulo incendiou todo o império Romano

AS PERSEGUIÇÕES IMPERIAIS

Ébastante estranho observar essas perseguições ao Cristianismo dirigidas pelos imperadores Romanos, pelo fato dos Romanos possuírem uma vasta cultura na área jurídica da lei e do direito, perseguirem pessoas tão cidadãs e fieis ás autoridades como eram os cristãos; mas por outro lado haviam algumas coisas que despertavam, ciúmes, invejas e iras aos romanos e principais autoridades da época.
Umadessas coisas eram que o Cristianismo considerava todos os homens iguais: um escravo poderia se eleito bispo da igreja, coisas que os nobreza não aceitavam, outra coisa era que os Cristãos não aceitavam fazer parte ao culto ao imperador, e outra questão principal, era que os Cristãos pregavam a vinda de um outro rei “Jesus”, e sim a Ele adoravam, enquanto que os romanos veneravam a Cezar; e uma dasprincipais causas também era a ambição pretensiosa de alguns dos funcionários públicos de se apropriar das propriedades de alguns cristãos ricos, que morriam durante as perseguições . A perseguição mais fortes foi a que Nero liderou (66 a 68 d.C.), e Dominicano (90 a 95 d.C.) entretanto do ano 250 a 313 d.C. ás perseguições eram mais esporádicas. É tanto que do reinado de Trajano ao reinadoAntônio Pio (98 a 161 d.C.) o cristianismo viveu sobre o domínio de cinco imperadores, chamados cinco imperadores bons, os quais foram: Nerva, Trajano, Adriano, Antônio Pio e marco Aurélio
Em suas épocas os cristãos não podiam ser presos sem culpa definida ou comprovada. Com exceção de algumas perseguições locais
Porém dos cincos Imperadores o melhor foi Marco Aurélio, eminente escritor de Ética,...
tracking img