Ied- caso 3

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (271 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Caso Concreto do Plano de Aula 3

1) Adamastor defende o direito natural porque ele é dono do seu corpo e da sua liberdade, por isso ele tenta colocar seusórgãos a venda em um anuncio de jornal. Defende assim uma ideia que emergiu socialmente, sem base nas normas.
Carlito defende o direito positivo por ser o conjunto deprincípios e regras que regem a vida social em determinada época, já que existe uma lei que proíbe a venda/comercialização pelos doadores, com base em um direitoinstitucionalizado pelo direito.

2) Sim é possível, pois o direito positivo é pelo estado, o direito natural pressuposto e superior ao estado, no entanto odireito natural e o direito positivo possuem os mesmos objetivos que são os direitos humanos, de liberdade e de dignidade.

3) O direito natural possui tendência aconverter-se em direito positivo, pois o processo de positivação dos direitos da sociedade acontece a partir do ideal de moralidade e justiça que se modifica com aevolução da sociedade. O direito natural nada mais é do que o indivíduo acredita ser moral e justo num determinado momento da vida.

Caso concreto 2

1) Asregras do s concursos públicos são regidas pelo direito publico, no ramo do direito administrativo.

2) Direito civil, no ramo do direito privado.

3) ODireito Subjetivo se caracteriza por ser um atributo da pessoa. Este faz dos seus sujeitos titulares de poderes, obrigações e faculdades estabelecidos pela lei. Emoutras palavras o direito subjetivo é um poder ou domínio da vontade do homem, juridicamente protegida. É uma capacidade própria e de competência de terceiros.
tracking img