Ie: a escola critica de campinas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (393 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual de Campinas
Instituto de Economia Turma B
CE 172 – Introdução à Economia
André Yoshihito Hamassaki
22/3/2012

IE: A ESCOLA CRíTICA DE CAMPINAS

O curso de Economia daUniversidade Estadual de Campinas passou por diversas mudanças desde a sua criação no findar da década de 60 . Zeferino Vaz (fundador da Escola de Medicina da Universidade de São Paulo de RibeirãoPreto), na época, reitor da Unicamp, foi o principal mentor do projeto. Wilson Cano, professor titular do IE (Instituto de Economia da Unicamp), discorre sobre o assunto no texto “Instituto de Economia daUnicamp: Notas sobre sua Origem e Linhas Gerais de sua Evolução”.
Não é por acaso que o Instituto é chamado de a “Escola Crítica de Campinas”. Fundado na época da Ditadura Militar do Brasil o iníciodo curso não foi como deveria ser: total liberdade de pensamento e de postura em relação aos diversos assuntos do país e do mundo. Muito pelo contrário, os professores não podiam se expressarabertamente em função da real possibilidade de repressão dos militares. Isso na teoria, pois os mestres não deixaram de defender o que acreditavam e, mesmo com receio, lutaram contra a ditadura que assolavao Brasil.
Havia uma necessidade de um curso de Economia com uma visão heterodoxa no país. As escolas de Economia brasileiras eram extremamente ortodoxas e pragmáticas. Não havia uma análise críticada realidade da nação, extremamente necessária na época. A interdisciplinaridade e uma visão mais abrangente sobre a política eram inexistentes.
O papel de um economista é o de analisar as relaçõesdo indivíduo com a sociedade. O estudo da ciência Economia acontece para que haja uma “bagagem intelectual” que possibilite a discussão social. A alienação de um economista se dá quando elesimplesmente usufrui de definições e conceitos predefinidos sem interpretá-los.
É justamente nesse ponto que o curso ministrado na Unicamp se sobressai. O economista formado no IE é antes de tudo um...
tracking img