Ideologia marxista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5367 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


RODRIGO MACHADO

IDEOLOGIA E RELIGIÃO SOB A ÓTICA MARXISTA

CURITIBA
2012

2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
SETOR DE CIÊNCIAS JURÍDICAS
FACULDADE DE DIREITO

GUILHERME CONSUL CHARLES
JOÃO RICARDO BORTOLI DE CAMARGO
RAPHAEL GUSTAVO BARBOSA
RODRIGO MACHADO

IDEOLOGIA E RELIGIÃO SOB A ÓTICA MARXISTA

Trabalho Acadêmico apresentado aoProfessor Doutor Abili Lázaro Castro
de Lima, na disciplina de Direito e
Sociedade,
Departamento
de
Ciências Jurídicas.

CURITIBA
2012

3

“A crença marxista é uma crença no
futuro histórico que o ser humano cria a si
mesmo, ou melhor dizendo, que devemos fazer
com nossa atividade, uma ‘aposta’ no êxito de
nossas ações; a transcendência da que é
objeto esta crença não é nemsobrenatural nem
trans-histórica, mas sim supra-individual, nada
mais tampouco nada menos.”.LucienGoldmann.

4

SUMÁRIO

SUMÁRIO ...................................................................................................................4
KARL MARX –BIOGRAFIA ......................................................................................5
PRESSUPOSTOS TEÓRICOS ÀRELIGIÃO............................................................6
RELIGIÃO SOB A ÓTICA MARXISTA.......................................................................7
EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE IDEOLOGIA ..........................................................9
EVOLUÇÃO DA IDEOLOGIA SOB A ÓTICA MARXISTA ......................................12
IDEOLOGIA SOB A ÓTICA MARXISTA..................................................................14
REFERÊNCIASBIBLIOGRÁFICAS.........................................................................21

5

Vida de Karl Marx: o incompreendido?

Karl Heinrich Marx nasceu em Trier (Alemanha) no dia 05 de maio de 1818,
sendo de família descendente de judeus. Muito por influência de seu pai, Marx
ingressa

no

curso

de

Direito

daUniversidade

de

Bonn,

transferindo-se

posteriormente para a Universidade de Berlim. Ali o seu interesse volta-se para a
filosofia, área em que ganhou o título de doutor em 1841 com a tese “Sobre as
diferenças da filosofia da natureza de Demócrito e de Epicuro”.

Após ser rejeitado como professor nas universidades prussianas, Marx integra
a Gazeta Renana como redator-chefe. Ele passa aestudar profundamente a
Economia Política e o Socialismo e neste processo, rompe com o pensamento de
Hegel e já pende para o comunismo. O jornal é fechado e no mesmo ano, Marx se
muda para França. Em 1844, edita os Anais Franco-Alemães e nesse período acaba
conhecendo Friedrich Engels, pensador que foi seu melhor amigo e companheiro de
estudos até a sua morte.

Expulso do país em 1845, Marxparte para a Bélgica e lá, juntamente com
Engels, escreve o Manifesto Comunista, contemporâneo à eclosão da Revolução de
1848. É expulso de Bruxelas, volta à Paris, monta com Engels a Nova Gazeta
Renana em Colônia (Alemanha), mas novamente é deportado. Finalmente,
consegue manter residência fixa em Londres.

Por cerca de vinte anos, Marx mantém o contato com Engels e aprofunda seus
estudos emEconomia e História, escrevendo uma de suas obras mais importantes:
O Capital. Precisa de ajuda financeira de seu amigo para sobreviver. Em 1864, ajuda
a fundar a Associação Internacional dos Operários, a I Internacional. Dura até 1872,
quando o anarquismo de Bakunin consegue dissolver o movimento que buscava
uma reforma da sociedade através da ação política e econômica do proletariado.Exemplo disso foi a Comuna de Paris, quando os operários realmente tomaram o
poder e se aproximaram ao máximo de um regime comunista em sua essência.

6

Abatido com a morte de Jenny, sua esposa, no final de 1881, Marx falece dois
anos depois, em consequência de doenças como bronquite e pleurisia, suportadas
por boa parte de sua vida. Morreu em Londres, no dia 14 de março de 1883, como...
tracking img