Identidade e autonomia na educação infantil

Identidade e autonomia na Educação Infantil.
Por: Maria Helena Parracho

Este artigo foi desenvolvido após o período de regência do Estágio Curricular na Educação Infantil e pretendelevantar algumas questões relativas ao desenvolvimento da identidade e autonomia dos alunos desta faixa etária.

Os alunos da educação infantil, especialmente aqueles que se encontram nos grupos 4 e5, denominados pré-escola, já têm um conhecimento intuitivo dos temas que fazem parte do currículo para esta faixa etária. Eles, em geral, já dominam a língua materna com desenvoltura, têm acesso ainformações naturais, culturais e sociais do meio que os cerca e já construíram algumas teorias matemáticas necessárias para o seu dia-a-dia. Mas é na escola, que estes alunos, amparados pelo professor,irão desenvolver-se, crescer e praticar os seus conhecimentos em outros níveis e situações.

À medida deste desenvolvimento depende em primeiro lugar da postura estimuladora do professor, econsequentemente, do ambiente e das atividades que propiciarão à estes alunos a possibilidade de ampliar seus conhecimentos, desenvolver sua identidade e conquistar autonomia. Segundo o RCNEI(1998, v.2, p.11):

(...) conhecer suas características e potencialidades e reconhecer seus limites é central para o desenvolvimento da identidade e para a conquista da autonomia. Acapacidade das crianças de terem confiança em si próprias e o fato de sentirem-se aceitas, ouvidas, cuidadas e amadas oferecem segurança para a formação pessoal e social.

Neste sentido, alémdos conhecimentos elencados no currículo, o planejamento das atividades para as crianças da pré-escola, deve contemplar a ludicidade, o faz-de-conta, a escolha, a responsabilidade e a convivência,para o RCNEI (1998, v.1, p.73):

A rotina na educação infantil pode ser facilitadora ou cerceadora dos processos de desenvolvimento e aprendizagem. Rotinas rígidas e...
tracking img