Identidade mundo globalizante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TADS – 2º período - Tarde

Diogo
Marcos Renato
Marcos Vinícius

Identidade no Mundo Globalizante
               
Nos últimos tempos houve uma explosão em torno do conceito de“identidade”.  Nos dias atuais, nenhum outro aspecto chamou tanto a atenção de filósofos, cientistas sociais e psicólogos.  Questões estabelecidas de análise social estão sendo desmontadas e renovadaspara se adaptarem ao discurso que agora gira em torno da identidade. O “discurso da identidade” pode nos contar mais sobre a nossa sociedade do que seus resultados conceituais e analíticos ja noscontaram.
               
Martin Heidegger dizia que as coisas só passam a ser observadas quando desaparecem ou se quebram, para que as perguntas sobre sua origem, paradeiro, uso ou valor sejamfeitas. Em resumo, só passamos a dar valor quando perdemos algo, ou quando este algo se modifica drasticamente. Saber que as coisas podem não possuir sempre a mesma forma é uma experiência ambígua. Aimprevisibilidade gera ansiedade e medo, afinal o mundo está cheio de surpresas.  Já a instabilidade, maciez e flexibilidade das coisas pode gerar ambição e resolução, pois podemos tornar as coisasmelhores do que são, podemos sonhar com um mundo melhor e quem tornar os nossos sonhos realidade.
               
Podemos afirmar que a modernidade se especializou em transformar as coisas, ocapitalismo e os revolucionários burgueses foram alguns dos responsáveis por quebrar a barreira que veio a despertar o poder criativo do homem. Leon Battista Alberti declarou: “Se quiserem os homenspodem fazer tudo”. A humanidade descobriu a autoconstituição e a auto-afirmação.
               
Immanuel Kant afirmou que o homem é dotado da razão, o que possibilita a comparação antes daescolha individual, porém se utilizarmos essa razão de maneira adequada, todos chegaríamos a uma mesma escolha e a um código de coabitação. Porém nem todos pensam como Kant, será que a liberdade...
tracking img