Idade moderna, renascimento, racionalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (775 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FILOSOFIA: RESUMO

IDADE MODERNA

Transformações na sociedade geram uma nova mentalidade do homem:

- Quebra da Igreja, que possibilita ao homem desenvolver um pensamento racionalista
-Passagem do feudalismo pro capitalismo
- Formação dos Estados Nacionais
- Movimento da Reforma
- Desenvolvimento da ciência natural (novos métodos de investigação científica)
- Invenção da imprensa(possibilitou a impressão de textos clássicos gregos e romanos, que ficaram acessíveis para uma maior parte da população, gerando liberdade de expressão e consciência própria. Tipo, as pessoas escolhiamno que acreditar. E também ajudou para a formação do humanismo)

Com essas mudanças:

TEOCENTRISMO -> ANTROPOCENTRISMORACIONALISMO
FILOSOFIA LAICA (não religiosa)


RENASCIMENTO

Inspirou-se no humanismo, que foi um movimento feito por homens inteligentes quedefendiam o estudo da cultura dos gregos e dos romanos, e a volta aos princípios que eles acreditavam, como: a razão e a liberdade.

O Renascimento trouxe uma mentalidade racionalista, ou seja, nãoacreditar apenas na fé (no que não se pode ver), mas também ver o mundo de um ponto científico.

O PENSADOR MODERNO NÃO BUSCAVA SOMENTE CONHECER A REALIDADE, MAS TAMBÉM CONTROLAR ELA. (Ou seja, ohomem buscava entender os fenômenos da natureza, entender as coisas que aconteciam no mundo, e também controlar essas coisas).
**Porém, isso não significa que nenhuma pessoa mais acreditasse na fé.AMEAÇAS À NOVA MENTALIDADE

Com a teoria de Copérnico de que o homem não é centro do universo, a igreja e todo o resto ficam abalados, portanto o homem só acharia um novo centro na razão.

#Montaigne

- pensamento de fundo ceticista (ceticismo: não se pode obter nenhuma certeza absoluta sobre a verdade), epicurista (epicurismo: filosofia deve cuidar da saúde da alma) e estoicista...
tracking img