Icsc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6109 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONCURSO PÚBLICO CONCURSO PÚBLICO CONCURSO PÚBLICO

EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS (DIR. REG. PERNAMBUCO)

CARGO: ATENDENTE COMERCIAL I TEXTO: O homem que devia entregar a carta Era sua primeira missão como office-boy. Estava com dezoito anos, mas não tinha conseguido nenhum outro emprego. Apesar dos jornais garantirem que não havia crise, ele simplesmente batera o nariz emdezenas de portas e tinha enfrentado filas até dois quilômetros. O patrão pediu que ele entregasse uma carta, com protocolo. E avisou: a pessoa que receber precisa assinar este papelzinho. Só entregue mesmo ao destinatário, a ninguém mais, esta carta é da maior importância. Foi. Ao chegar, verificou o endereço: era de um terreno baldio. Comparou, indagou. Não havia engano mesmo. O número correspondiaao terreno. Voltou ao patrão, contou. E o patrão: – Eu sei que é um terreno. Mas vão construir um prédio ali. – Vão? E o que faço? – Você entrega a carta, como mandei. O patrão era um homem ocupado, dispensou o boy. Ele voltou ao local. Nada. Um terreno sujo, cheio de mato. O que fazer? Sentou-se, pensando que se alguém chegasse por ali, poderia dar uma informação. No fim do dia, foi embora. Namanhã seguinte, ao subir no elevador, encontrou o patrão. – Como é, entregou a carta? – Não tem prédio nenhum lá. – Mas vão construir. Já conseguiram até financiamento da Caixa Econômica. O boy voltou ao terreno. Naquele e nos dias seguintes. Nas semanas e meses. E o patrão, já inquieto, querendo saber da carta, o boy mais inquieto ainda, já sem saber por que não construíam logo o tal edifício. Umdia, viu homens carpindo o mato. No outro dia, ergueram um tapume. Em seguida, instalaram placas. Logo vieram tratores e máquinas. Cavaram, cavaram, caminhões basculantes levaram a terra, chegou cimento, aço, pedras. As fundações ficaram prontas. E o boy ali, todos os dias, firme, à espera. Fazendo amizade com os operários, capatazes da obra, aprendendo como se mistura o cimento, como se processa aconcretagem, acompanhando os andares que subiam, as lajes sendo terminadas. O prédio subiu. A esta altura, o patrão, irritadíssimo com o boy, ameaçava despedi-lo. – Que porcaria você é que nem consegue entregar uma carta? O boy, ferido no orgulho, plantou-se então, dia e noite, sentado num dos andaimes. Amigo de todos os operários, comia e bebia com eles, contava casos, ouvia histórias doNordeste, lendas da Bahia, conhecia a miséria que ia pelo interior, os dramas de fome e doença, o abandono, a seca. A parte mais demorada, lenta. Colocar portas, janelas, armários, rebocar, passar massa corrida, pintar, instalar pias, torneiras, vasos, tacos. Então, a festa de inauguração, chope. E as faixas, os corretores ansiosos por enganar alguém com as compras maravilhosas que terminavam em pesadelo.As pessoas começaram a se mudar. Todos os dias, o boy batia à porta do apartamento 114. O destinatário ainda não tinha se mudado. Agora, o boy já tinha feito vinte anos e o patrão tinha lhe dado um prazo fixo, fatal, irreversível. Ou entregava a carta, ou era despedido. Ele batia à porta, ninguém atendia. Até que um caminhão trouxe mudanças para o 114. Mas a porta continuava fechada, muda. Batia,e nada. Uma tarde, abriram. Um senhor grisalho, ar sonolento. O boy, triunfante, estendeu a carta. O homem olhou o destinatário. – Não sou eu. Nem sei quem é. – Como? O senhor comprou o apartamento de alguém? – Não. Comprei na planta. Não teve nenhum dono antes de mim. – Que faço? – Passa na portaria, fala com o zelador. O boy passou, explicou a situação. O zelador apanhou um carimbo, bateu noenvelope: destinatário desconhecido. (Ignácio de Loyola Brandão) E devolveu a carta ao boy. 01) Sobre o texto é correto afirmar, EXCETO: A) O narrador conta os fatos antes do momento em que ele os anuncia. B) O tempo verbal predominante é o pretérito perfeito. C) Apresenta foco narrativo em 3ª pessoa. D) O tempo de duração da história contribui para dar ao texto um clima de absurdo. E) Os...
tracking img