Iaway

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6958 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNAERP


Campus Guarujá







Curso de Educação Física



Disciplina: ANATOMIA GERAL (EI 162A)
Prof. Flávio


Roteiro teórico e prático



1a Etapa – 2013





I - INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA

- Introdução ao estudo da Anatomia (pgs 1 a 10 - Ref. 1) e ao aparelho locomotor(ossos) (pgs 12 a 28 - do Dangelo, J.G. Fattini, C.A. Anatomia Humana Sistêmica eSegmentar. 2a.Ed. Atheneu, Rio de Janeiro.2000.)

01- Conceituar nomenclatura anatômica.
02- Definir a posição anatômica de estudo.
03- Explicar os planos de delimitações e os planos de secções do corpo humano.
04- Explicar os eixos anatômicos.
05- Definir os termos de posição e direção: superior (ou cranial), inferior (ou caudal), anterior (ou ventral), posterior (ou dorsal), lateral, medial,intermédio, mediano, médio, proximal, distal, interno, externo, superficial, profundo, ântero-posterior (ou dorsoventral), látero-lateral e longitudinal (ou crânio-caudal ou súpero-inferior ou vertical).







APARELHO LOCOMOTOR

Este texto tem por objetivo dar uma noção geral destes sistemas, facilitando ao aluno que se inicia no estudo da Anatomia, porém informações detalhadas a respeitodo assunto devem ser pesquisadas em livros mais específicos.
O Aparelho Locomotor é formado por três sistemas: Esquelético, Articular e Muscular. Portanto, os ossos, as articulações e os músculos estriados esqueléticos se encontram intimamente associados sob os aspectos anatomo-funcionais para promoverem movimentos do corpo humano. Contudo, estes sistemas devem ser abordados aqui separadamente.OSTEOLOGIA - SISTEMA ESQUELÉTICO

O estudo dos ossos pode ser feito sob dois aspectos, ou seja, estudando os ossos isoladamente ou articulados entre si, formando o esqueleto.
O tecido ósseo e o tecido cartilagíneo são originados do tecido conjuntivo, por esta razão, apresentam algumas características bioquímicas semelhantes.
O osso, esta estrutura rígida que nósconhecemos, é formado por células (osteócitos, osteoblastos e osteoclastos) e por um material intercelular calcificado, que é a matriz óssea. Assim, na formação do osso, temos inicialmente a formação de um pré-osso (matriz óssea não calcificada, produzida pelos osteoblastos e que é semelhante à cartilagem). Após a formação do pré-osso ocorre a deposição de sais minerais (calcificação) surgindo umaestrutura rígida, porém com certa elasticidade, que é o osso. Com o passar do tempo, no caso dos ossos de um indivíduo idoso, nota-se que a quantidade celular diminui, portanto, no caso de fraturas é difícil o reparo das mesmas, pois não se forma o pré-osso.
Os ossos são revestidos por membranas conjuntivas chamadas de periósteo (externa) e endósteo (interna) que possuem capacidade osteogênica,estando desta maneira, relacionadas com a reconstituição óssea em casos de fraturas. Além disto, estas membranas estão relacionadas com a nutrição e a sensibilidade (dor) do osso.
Ao se observar um corte de osso, nota-se que o tecido ósseo apresenta-se de duas maneiras: o tecido ósseo compacto, sem cavidades visíveis e o tecido ósseo esponjoso, com muitas cavidades intercomunicantes (estaclassificação é macroscópica e não histológica).
A distribuição destas variedades de tecido ósseo ocorre para atender às condições funcionais diferentes.
A classificação dos ossos do corpo humano é feita principalmente através das dimensões dos mesmos: comprimento, largura e espessura.
Quando o osso tem o comprimento maior que a sua largura e a sua espessura é denominado de longo. Este apresentaextremidades ou epífises formadas por osso esponjoso com uma delgada camada superficial de osso compacto; no corpo ou diáfise predomina o osso compacto, tendo uma pequena quantidade de osso esponjoso, delimitando o canal medular, onde se encontra a medula óssea. São exemplos de ossos longos: fêmur, rádio, úmero, fíbula, metacarpos, clavícula, falanges e costelas.
Se o comprimento e a largura de...
tracking img