Iara ilgenfritz: "as drogas e o novo perfil das mulheres prisioneiras no estado do rio de janeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5565 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Iara Ilgenfritz: "As Drogas e o Novo Perfil das Mulheres Pris...

http://www.mamacoca.org/FSMT_sept_2003/pt/doc/ilgenfritz...

AS DROGAS E O NOVO PERFIL DAS MULHERES
PRISIONEIRAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Iara Ilgenfritz

*

“Entrei no crime (tráfico) porque é adrenalina pura.”
A. 26 anos, branca, traficante internacional, foi presa com o marido, que acabou sendo assassinado pelapolicia.

Este texto é a síntese de uma pesquisa realizada no Rio de Janeiro, entre os anos 1999 e 2000, junto às
mulheres encarceradas no sistema penitenciário. O trabalho consistiu, entre outras coisas, num ensaio para
chamar a atenção dos formuladores de políticas públicas para as especificidades da população prisional
feminina, que, por representar uma parcela muito reduzida do contingentede presos, é vista pela literatura e
[1]
pelos governos como acessória
.
A idéia, desde o início, foi a de realizar um mapeamento das condições em que se encontram as mulheres
presas e, sobretudo, de tentar identificar situações de violência familiar e institucional pelas quais essas
mulheres têm passado. Essa preocupação foi norteada pela hipótese de que existe uma relação, se não de
causae efeito, mas no mínimo de reprodução e continuidade, entre a participação em atividades criminosas e
trajetórias de violências experimentadas na infância, adolescência e/ou fase adulta. Por outro lado, se
pretendeu iluminar o cenário obscuro e perverso da violência exercida no interior das instituições que, como é
sabido, estimulam a permanência no crime.
A metodologia adotada privilegiou ocontato direto com a população carcerária pela aplicação de um
questionário individual abrangente, realizado em espaço privado, com uma duração média de 50 minutos.
Esse tempo foi muito difícil de se estabelecer, pois as questões perguntadas abrangeram as histórias de vidas
dessas mulheres, fazendo-as recordar situações duras por que passaram, o que as levava à emoção e ao
[2]
choro
.Variações no volume da população carcerária foi a primeira revelação do trabalho. O número de mulheres
presas no sistema penitenciário estadual, em comparação ao último censo penitenciário de 1988, cresceu
132%, uma taxa de crescimento 36% superior à do aumento do número de homens presos no mesmo
[3]
período.

População carcerária do Estado do Rio de Janeiro, segundo o sexo - 1988 e 2000
Populaçãocarcerária do
Rio de Janeiro
Nº absoluto

%

Total
1988

8.556

Homens

8.283

96,8

273

3,2

Mulheres

População residente no RJ
com 18 anos ou mais de Taxa de encarceramento
(presos por cem mil
idade
habitantes)
Nº absoluto
%

100 7.617.425,00

Crescimento da população
carcerária 1988-2000
Total

100

112,3

3.594.792

47,2

230,4

4.022.63352,8

6,8

100 9.489.469,00

100

178

97,4

Total
2000

Por cem mil habit.

16.890

Homens

16.257

96,3

4.461.795

47

364,4

96,3

633

3,7

5.027.674

53

12,6

131,9

Mulheres

Fontes: (a) População carcerária: Ministério da Justiça/DEPEN; (b) População maior de 18 anos residente no estado do
Rio de Janeiro: Ministério da Saúde/DATASUS, com baseem dados demográficos do IBGE.

1 of 8

19/05/12 13:55

Iara Ilgenfritz: "As Drogas e o Novo Perfil das Mulheres Pris...

http://www.mamacoca.org/FSMT_sept_2003/pt/doc/ilgenfritz...

Esse dado surpreendeu bastante, embora o aumento de mulheres presas, 3,2% em 1988 e 3,7% em 2000,
em comparação às taxas masculinas, tenha se apresentado pouco significativo, reforçando as estatísticas do[4]
mundo inteiro que revelam uma sub-representação da criminalidade feminina nas populações prisionais
.
O que se observa nos últimos doze anos, na verdade, é um aumento do número de mulheres
encarceradas por envolvimento no tráfico de drogas, seja como usuárias, seja como traficantes. Isso
representa uma escalada de adesão a esses delitos por parte das mulheres, mudando as estatísticas...
tracking img