Humanista ii

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (438 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Segundo Abraham Maslow (1968), Para começarmos a definir a imagem de home defendida por esta abordagem.Este coloca claramente alguns pressupostos que fundamentam a Psicologia Humanista:
1 - Cada um de nós tem uma natureza interna essencial, biologicamentealicerçada, a qual é, em certa medida, “natural”, intrínseca, dada e, num certo sentido limitado, invariável ou, pelo menos, invariante.

2 - A natureza interna de cada pessoa é, emparte, singularmente sua e, em parte, universal na espécie.

3 - É possível estudar cientificamente essa natureza interna e descobrir a sua constituição (não inventar, masdescobrir). (p. 27)

Entende-se que o ser humano não é um ser absolutamente condicionado por fatores biológicos, sociais e psicológicos que o influencia sua formação.Em tese, há um domínio das leis naturais. Comoafirma Amatuzzi (1989), A Psicologia Humanista propõe a realização de uma revolução copernicana na abordagem do objeto de estudo da Psicologia. aconsideração do ser humano em termos de causa e efeito, antecedente e consequente, parte e todo, por mais cabível, correta ou verdadeira que possa ser, não dá conta do ser humano como um todo emmovimento. Ele argumenta que por mais que se tente explicar a causa do comportamento humano,sempre ficará faltando à questão do sentido que o se precisa dar à própria vida, sentido que humanistas como Amatuzzi consideram como o maior desafio que se coloca para nós....
tracking img