Humanismo antigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3305 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Doenças
Hereditárias

Introdução

Doenças hereditárias são conhecidas por ter a classificação de passar de pai para filho e assim todas as pessoas que tiverem o mesmo DNA genético, há diversos tipos de doenças que são causados pela hereditariedade e também por outros fatores, algumas doenças hereditárias são constantemente confundidas com doenças congênitas e doenças genéticas que sãocompletamente diferentes e não dependem da boa saúde de seus antepassados, são doenças causadas por falhas no DNA e podem ser transmitidas durante o parto, mas isso depende do organismo de cada pessoa. As doenças hereditárias variam muito, elas podem apresentar sintomas logo nos primeiros meses de vida ou simplesmente serem descobertas na velhice.
Maioria das doenças está ligada a outros fatorestambém, por exemplo, a hipertensão, é uma doença hereditária, mas se o indivíduo está exposto a fatores como má alimentação, sedentarismo e obesidade as chances do problema evoluir são bem maiores, por isso se há um quadro na família de hipertensão, por exemplo, os cuidados e a necessidade de uma vida mais saudável aumentam.

Doenças Hereditárias

São um conjunto de doenças genéticascaracterizadas por transmitir-se de geração em geração, isto é de pais a filhos, na descendência e que se pode ou não manifestar em algum momento de suas vidas. As principais são diabetes, hemofilia, hipertensão, obesidade e as alergias.

Diabetes

É uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos. A insulina éproduzida pelo pâncreas e é responsável pela manutenção do metabolismo da glicose. Tipo 1: causado pela destruição das células produtoras de insulina, em decorrência de defeito do sistema imunológico em que os anticorpos atacam as células que produzem a esse hormônio. Tipo 2: resulta da resistência à insulina e de deficiência na secreção de insulina. Ocorre em cerca de 90% dos pacientes comdiabetes.
Principais sintomas do diabetes tipo 1:
* Vontade de urinar diversas vezes
* Fome frequente
* Sede constante
* Perda de peso
* Fraqueza
* Fadiga
* Nervosismo
* Mudanças de humor
* Náusea e vômito.
Principais sintomas do diabetes tipo 2:
* Infecções frequentes
* Alteração visual (visão embaçada)
* Dificuldade na cicatrização de feridas
*Formigamento nos pés e furúnculos.
Tratamento
O tratamento correto do diabetes significa manter uma vida saudável, evitando diversas complicações que surgem em consequência do mau controle da glicemia.
Prevenção
Pacientes com história familiar de diabetes devem ser orientados a:
* Manter o peso normal
* Não fumar
* Controlar a pressão arterial
* Evitar medicamentos quepotencialmente possam agredir o pâncreas
* Praticar atividade física regular.

Estatística: O Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde notificou 52.104 mortes por diabetes no país em 2009. Em 2010, este número subiu para 54.542. Apesar do aumento, há uma desaceleração do crescimento nos últimos três anos. Entre 2005 e 2007, houve aumento de 26% e, entre 2008 e 2010, onúmero caiu para 7,5%.
O percentual de brasileiros diabéticos não mudou muito do ano passado para cá. Houve queda entre os homens mais velhos e as mulheres jovens.
A taxa de 5,6% ainda assim é menor do que nos países vizinhos como Argentina (9,6%), Chile (6,3) e Estados Unidos (8,7%).
Hemofilia

A hemofilia é um distúrbio na coagulação do sangue. Por exemplo: quando cortamos alguma parte do nossocorpo e começa a sangrar, as proteínas (elementos responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento de todos os tecidos do corpo) entram em ação para estancar o sangramento. Esse processo é chamado de coagulação. As pessoas portadoras de hemofilia, não possuem essas proteínas e por isso sangram mais do que o normal.
Existem vários fatores da coagulação no sangue, que agem em uma sequencia...
tracking img