Humanidades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7224 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE RORAIMA
CAMPUS SÃO JOÃO DA BALIZA

Vida e obra de: Francis Bacon, René Descartes, Herbert Marcuse, Theodor W. Adorno e Friedrich Nietzsche

São João da Baliza-RR

Agosto de 2011

WALLACE OLIVEIRA MACIEL

Trabalho apresentado na Universidade Estadual de Roraima para fins avaliativos da disciplina Humanidades ministrada pelo professor Leon

São João da BalizaAgosto de 2011

Bibliografia

COBRA, Rubem Queiroz . Uol Pensador. Biografia.
Wikipédia. Enciclopédia Livre. Google.
  

Francis Bacon

Biografia
Francis Bacon, também referido como Bacon de Verulâmio, nasceu em Londres, 22 de Janeiro de 1561, e faleceu em 9 de Abril de 1626, foi um político, filósofo e ensaísta inglês, barão de Verulam (ou Verulamo ou ainda Verulâmio), visconde deSaint Alban. É considerado como o fundador da ciência moderna.
Desde cedo, sua educação orientou-o para a vida política, na qual exerceu posições elevadas. Em 1584 foi eleito para a câmara dos comuns.
Sucessivamente, durante o reinado de Jaime I, desempenhou as funções de procurador-geral (1607), fiscal-geral (1613), guarda do selo (1617) e grande chanceler (1618). Neste mesmo ano, foi nomeadobarão de Verulam e em 1621, barão de Saint Alban. Também em 1621, Bacon foi acusado de corrupção. Condenado ao pagamento de pesada multa, foi também proibido de exercer cargos públicos.
Como filósofo, destacou-se com uma obra onde a ciência era exaltada como benéfica para o homem. Em suas investigações, ocupou-se especialmente da metodologia científica e do empirismo, sendo muitas vezes chamado de"fundador da ciência moderna"
Principais obras
A produção intelectual de Bacon foi vasta e variada. De modo geral, pode ser dividida em três partes: jurídica, literária e filosófica.
Obras jurídicas
Figuram entre seus principais trabalhos jurídicos os seguintes títulos: Elementos das leis comuns da Inglaterra, Casos de traição e Douta leitura do código de costumes por Sir Francis Bacon.
Obrasliterárias
Sua obra literária fundamental são os Ensaios, publicados em 1597, 1612 e 1625 e cujo tema é familiar e prático. Alguns de seus ditos tornaram-se proverbiais e os Ensaios tornaram-se tão famosos quanto os de Montaigne. Outros opúsculos, no âmbito literário: Estandartes do bem e do mal, Da sabedoria dos antigos. No âmbito histórico destaca-se, Históriade Henrique VII.Obras filosóficas
As obras filosóficas mais importantes de Bacon são Instauratio magna (Grande restauração) e Novum organum. Nesta última, Bacon apresenta e descreve seu método para as ciências. Este novo método deverá substituir o Organon aristotélico.
Objetivo de Bacon
O objetivo do método baconiano éconstituir uma nova maneira de estudar os fenômenos naturais. Para Bacon, a descoberta de fatos verdadeiros não depende do raciocínio silogístico aristotélico mas sim da observação e da experimentação regulada pelo raciocínio indutivo. O conhecimento verdadeiro é resultado da concordância e da variação dos fenômenos que, se devidamente observados, apresentam a causa real dos fenômenos.
Para isso, noentanto, deve-se descrever de modo pormenorizado os fatos observados para, em seguida, confrontá-los com três tábuas que disciplinarão o método indutivo: a tábua da presença (responsável pelo registro de presenças das formas que se investigam), a tábua de ausência (responsável pelo controle de situações nas quais as formas pesquisadas se revelam ausentes) e a tábua da comparação (responsável peloregistro das variações que as referidas formas manifestam). Com isso, seria possível eliminar causas que não se relacionam com o efeito ou com o fenômeno analisado e, pelo registro da presença e variações seria possível chegar à verdadeira causa de um fenômeno. Estas tábuas não apenas dão suporte ao método indutivo mas fazem uma distinção entre a experiência vaga (noções recolhidas ao acaso) e a...
tracking img