Hp-g422

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O PAPEL DO SUPERVISOR PEDAGÓGICO FRENTE À AGRESSIVIDADE/AFETIVIDADE DA CRIANÇA NA ESCOLA














































Amparo do Serra
2012
INSTITUTO SUPERIOR DE TUPY
Supervisão, Orientação e Inspeção.








FABIANA LOPES MOREIRA


















O PAPEL DO SUPERVISORPEDAGÓGICO FRENTE À AGRESSIVIDADE/AFETIVIDADE DA CRIANÇA NA ESCOLA












Trabalho de Conclusão de Curso submetido ao Instituto Superior de Tupy como parte dos requisitos para a obtenção do grau de pós-graduado em Supervisão, Orientação e Inspeção.
Orientador(a):Amparo do Serra
2012






























































































Autor (a): FABIANA LOPES MOREIRA


Título: O PAPEL DO SUPERVISOR PEDAGÓGICO FRENTE À AGRESSIVIDADE/AFETIVIDADE DA CRIANÇA NA ESCOLANatureza: TCC


Objetivo: Título de Pós-Graduado em Supervisão, Orientação e Inspeção


Instituição: Instituto Superior de Tupy


Área de Concentração: Educação


Aprovada em:____/_____/______


Banca Examinadora:
___________________________________________
Profª. M.Sc.
Instituição:
___________________________________________Profª. M.Sc.
Instituição:
____________________________________________
Profª. M.Sc.
Instituição:





SUMÁRIO


RESUMO 2
INTRODUÇÃO 3
DESENVOLVIMENTO 4
RESULTADOS E DISCUSSÃO 13
CONCLUSÃO 14
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 15O PAPEL DO SUPERVISOR PEDAGÓGICO FRENTE À AGRESSIVIDADE/AFETIVIDADE DA CRIANÇA NA ESCOLA


Fabiana Lopes Moreira








RESUMO


Abordar o tema agressividade no cotidiano escolar de uma criança pode tomar diferentes rumos, uma vez que essa conduta pode ter causas das mais variadas,decorrendo de problemas no ambiente familiar, entre os próprios colegas ou da falta de sensibilidade e comprometimento do professor. Assim, para colaborar com o sucesso do processo ensino-aprendizagem que exige boas relações sociais e afetivas, esse artigo tem como objetivo promover uma reflexão sobre as relações agressividade/afetividade que ocorre na escola, e principalmente no papel do supervisorpedagógico frente ao desafio de intervir para evitar ou minimizar os fatores que levam a agressividade do aluno no ambiente escolar, e formação do professor para lidar com situação. Utilizou-se de pesquisa de campo, através da aplicação de questionário para professores de uma escola municipal que trabalham com turmas do Ensino Fundamental I. Concluiu-se que os temas agressividade e afetividadeestão inseridos em um universo amplo, mas muito próximo da realidade do educador e que eles têm consciência da seriedade do problema, apontam a mesma direção quando se trata dos fatores desencadeantes e acreditam que afetividade e demais valores nobres e positivos são a chave para minimizar tal problema no ambiente escolar.








PALAVRAS-CHAVE: agressividade, afetividade,estratégias de intervenção, papel do supervisor.

























INTRODUÇÃO


Violência e agressividade são problemas crônicos e assuntos que ocupam lugar de destaque na mídia e no meio acadêmico pelas inúmeras consequências que trazem para a sociedade como um todo. Particularmente no âmbito escolar, nas séries iniciais observa-se que o comportamento...
tracking img