Howard becker crimes e delitos resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (349 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha- Howard Becker – Praticantes de crimes e delitos



Matheus Pinheiro



Howard Becker desenvolve neste capítulo de seu livro sobrepesquisa em ciências sociais sobre como fazer pesquisa sobre desvio social, e em especial com os desviantes. Para o autor, ao se realizar a pesquisa com este público é necessário persuadi-los paraobter as informações desejadas, pois os mesmos possuem receios de assumir suas práticas criminais. Isto se torna um desafio ao pesquisador. O cientista social precisa encontrar característicassociológicas do grupo a ser pesquisado, para realizar uma amostragem mais precisa para realizar sua pesquisa.

A entrada neste mundo pelo pesquisador, segundo Becker, deve ser feita através de contatos, edeixando bem claro qual o papel do cientista social na pesquisa, a fim de não comprometer a vida do desviante e deixá-los seguros que sua identidade será preservada. A procurar destes desviantes deveser feita pelos já punidos legalmente e a partir daí expandir a lista de contatos. Há o perigo também dos presos não estarem em seu local nativo de atuação, o que pode ser perigoso para opesquisador.

Outra tarefa do pesquisador, segundo Becker, para se obter informações dos desviantes é freqüentar os lugares onde eles estão, tendo que se arriscar e se pasar também por eles, fingindoser um nativo para não ser descoberto e se tornar uma pessoa indesejada naquele local. É necessário também que o pesquisador observe e não faça perguntas sobre o por que da atitude desviante, pois o quese deseja sabe é justamente o que levou ao comportamento desviante por parte dos criminosos.

Para Becker, o pesquisador também precisa ter ética em sua pesquisa, não se assustando ouchocando-se com as atitudes dos desviantes, e é claro não denunciando-os para a polícia, o que prejudicaria todo o processo da pesquisa, tornando os dados imparciais, “abandonando o moralismo simplório”....
tracking img