Hotelaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 49 (12239 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SÉRIE
TEXTO PARA DISCUSSÃO

ISSN 1519-1249

COMPETITIVIDADE ECONÔMICA DE UMA REGIÃO TURÍSTICA: ESTRATÉGIAS E VANTAGENS

Roberto Vilmar Satur Guilherme de Albuquerque Cavalcanti
TEXTO PARA DISCUSSÃO Nº 204

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CURSO DE MESTRADO EM ECONOMIA JOÃO PESSOA-PB/DEZEMBRO DE 2000

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Centro de Ciências Sociais Aplicadas
CURSO DEMESTRADO EM ECONOMIA Cidade Universitária 58030-900 – João Pessoa, PB – Brasil Tel/Fax 0 xx 83 216-7482 http://www.ccsa.ufpb.br/~cme E-mail: cme@ccsa.ufpb.br
COORDENADORA

Lucia Maria Góes Moutinho
VICE-COORDENADOR

Ivan Targino Moreira
SÉRIE TEXTO PARA DISCUSSÃO tem o objetivo de divulgar resultados dos trabalhos científicos desenvolvidos primordialmente por docentes e discentes do CME, bemcomo, da graduação em Economia da UFPB, na forma de artigos. ISSN 1519-1249 CONSELHO EDITORIAL Elbio Troccoli Pakman Guilherme de Albuquerque Cavalcanti Ivan Targino Moreira Lúcia Maria Góes Moutinho Luiz Rodrigues Kehrle Paulo Amilton Maia Leite Filho EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Rivonaldo S. Cardoso Impresso pelo Curso de Mestrado em Economia João Pessoa-PB, Dezembro de 2000. É permitida a reprodução destetexto, desde que obrigatoriamente citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são rigorosamente proibidas.

COMPETITIVIDADE ECONÔMICA DE TURÍSTICA: ESTRATÉGIAS E VANTAGENS
Roberto Vilmar Satur* Guilherme de Albuquerque Cavalcanti**

UMA

REGIÃO

RESUMO Este artigo aborda a viabilização econômica das regiões turísticas. Para tal, resgata e adapta a teoria da competitividade:estratégias e vantagens competitivas, para as regiões turísticas. O objetivo é expor as principais diretrizes que compõem a teoria da competitividade e conseguir, com isso, disponibilizar dos instrumentos analíticos necessários para compreender por que a atividade turística progride em algumas regiões e fracassa em outras. E é se utilizando desse instrumental, que o presente artigo aborda, de uma formaresumida, as estratégias e resultados obtidos, no turismo, pela Região Missioneira do Mercosul. A análise consegue demonstrar porque o turismo se encontra no estágio atual na região em questão e aponta quais são as perspectivas e caminhos que devem ser seguidos/corrigidos para a atividade turística prosperar na Região das Missões do Mercosul.

INTRODUÇÃO A importância de discutir a competitividadevoltada para as regiões turísticas está na relevância econômica que o turismo tem para diversas regiões, pois, segundo dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), a atividade turística é uma das maiores responsáveis pela entrada ou evasão de recursos (divisas) para os países e, atualmente, responde por mais de 10% dos empregos gerados no mundo, por 7% das exportações mundiais e por mais de 25%do Comércio Internacional de Serviços com tendência de crescimento continuado. Esses fatores motivaram os países do MERCOSUL a pensar nessa atividade como uma forma de promover o seu desenvolvimento. Dentro dessa concepção, o MERCOSUL adota oficialmente as MISSÕES como o seu primeiro produto turístico internacional através do Circuito Internacional das Missões Jesuíticas. Na Região Missioneira, oturismo passou a ser visto como uma alternativa que viria a ocupar uma parte do espaço deixado na economia pela retração ocorrida nas outras atividades econômicas tradicionais (principalmente a crise agrícola). No entanto, apesar da importância estratégica que o turismo missioneiro tem em termos políticos para o MERCOSUL e para a integração da própria Região Missioneira, precisa ser investigadose essa atividade, que ainda é nova e não tem grande expressão econômica, terá condições de responder com rapidez aos apelos que lhe são feitos para ser o promotor do desenvolvimento e da integração regional. Com esse objetivo, o presente trabalho desenvolve, inicialmente, as teorias da competitividade para as regiões turísticas e, posteriormente, sob a óptica dessa teoria, faz uma reflexão da...
tracking img