Hora extra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1730 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conheça seus direitos em relação às horas extras
Irregularidades no pagamento são as campeãs de ações na Justiça.
Juiz e advogada respondem a 13 questões sobre o assunto.
Marta CavalliniDo G1, em São Paulo
Tamanho da letra
• A-
• A+
[pic][pic]

As horas extras são devidas toda vez que o empregado trabalha além da sua jornada normal de trabalho sem qualquer tipo de compensação (Foto:Reprodução / TV Globo)

As horas extras são as campeãs de ações na Justiça, de acordo com o juiz da 26ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, Marcelo Segal. “Os empregados alegam que realizam horas extras, mas elas não são pagas ou são quitadas parcialmente”, diz.
 
Confira lista de concursos e oportunidades

O empregado contratado pelo regime daConsolidação das Leis do Trabalho (CLT), legislaçãoque regula o trabalho com carteira assinada no Brasil, tem direito ao pagamento de hora extra com acréscimo de, no mínimo, 50%, de segunda a sexta-feira, e 100% aos domingos e feriados. 

Confira abaixo questões respondidas pelo juiz da 26ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, Marcelo Segal, e pela advogada trabalhista Isabelli Gravatá, autora de livros jurídicos de direito e processo dotrabalho. 

Em que situações as horas extras são pagas? 
De acordo com a advogada, as horas extras são devidas toda vez que o empregado trabalha além da sua jornada normal de trabalho sem qualquer tipo de compensação. Também são devidas quando se trabalha no horário destinado ao intervalo, ou ainda, quando não é concedido horário de intervalo para descanso durante o dia de trabalho ou entre um dia detrabalho e outro. Por exemplo: se o empregado tem duas horas de almoço e usa só uma e trabalha na outra essa hora que deveria estar almoçando é computada como extra. Já o intervalo entre um dia e outro de trabalho é de 11 horas. Por exemplo, se entre um dia e outro o intervalo for de oito horas, computam-se três horas extras. 


O empregado pode recusar-se a trabalhar horas extras? 
De acordocom a advogada, em princípio, o empregado não pode se recusar a trabalhar horas extras se elas estiverem previstas em acordo escrito ou contrato coletivo de trabalho (instrumento de negociação coletiva feito entre o sindicato dos empregados e o sindicato dos empregadores). Entretanto, de acordo com o artigo 59 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o empregador não poderá exigir do empregadomais de duas horas extras por dia. Caso o patrão venha a exigir uma jornada extraordinária maior que a autorizada por lei, o empregado poderá recusar a trabalhar as demais horas extras. Porém, caso ele venha a trabalhar mais do que as duas horas extras permitidas, ele tem direito a receber por todas as trabalhadas.
 

saiba mais

• Conheça os seus direitos sobre as férias
• Artigosque 'caducaram' fazem da CLT fonte de ações trabalhistas
• Entenda o que pode levar à demissão por justa causa
• Tire suas dúvidas sobre como requerer o seguro-desemprego
• Conheça seus direitos se tiver de entrar em férias coletivas
• Foi demitido? Saiba quais são os seus direitos
Já de acordo com o juiz, um dos principais deveres do empregado é o de colaboração ao empregador,e, portanto, ele não pode se negar, sem justificativa, a realizar eventuais horas extras necessárias ao serviço. Mas se houver uma justificativa plausível ou a exigência de horas extras for habitual, então a vontade do empregado deve ser respeitada. 

Como pode ser prorrogada a jornada normal de trabalho? 
De acordo com a advogada, a prorrogação poderá ocorrer por mais duas horas além dohorário normal de trabalho do empregado, desde que exista previsão em acordo escrito ou contrato coletivo de trabalho. Poderá, ainda, ser prorrogada caso ocorra necessidade imperiosa, seja por motivo de força maior, seja para atender à realização ou conclusão de serviços inadiáveis ou cuja inexecução possa acarretar prejuízo.

Segundo o juiz, basta que o empregado permaneça em atividade mesmo após a...
tracking img