Homoafetividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5642 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Notícias Homoafetividade Jurisprudências Documentação Livros Recomendados Normas Artigos

Este Blog Link daqui A web


Este Blog


Link daqui


A web


domingo, 22 de abril de 2012Presídio Central de Porto Alegre terá celas para travestis e companheiros



Em uma iniciativa da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos do RS por meio do Programa RioGrande SEM Homofobia, seguindo pedido da Ong Igualdade RS, o Presídio Central da capital gaúcha ganhará na próxima segunda-feira, 23 de Abril, um conjunto de celas para as travestis e seus companheiros. Um grupo de 22 travestis e seus companheiros já vivem na ala isolada.


O espaço ganhará ainda oficinas promovidas pela ONG, por meio de um convênio onde serão oferecidos atendimento jurídico,psicológico e cultural, além de cursos profissionalizantes. Uma solenidade marcará a inauguração da galeria. Estados como Minas Gerais e Mato Grosso já possuem projetos similares. A intenção é minimizar a homofobia nos presídios, já que em muitos as travestis eram abusadas sexualmente, viravam moeda de troca entre os presos e chegavam a ser escravizadas. Sem falar nos casos de agressão física e morte portransfobia.


Fonte: LADO A
Postado por Rosangela da Silveira Toledo Novaes às 20:02 0 comentários Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no OrkutLinks para esta postagem
Reações:

Palestra "União Homoafetiva" - Rio de Janeiro



Data: 08/05/2012
A Escola da Advocacia-Geral da União no Estado do Rio de Janeiro informa que estãoabertas as inscrições para a Palestra "União Homoafetiva".


Palestrante: Prof. Affonso Pernet Jr.


Data: 8 de maio de 2012.


Horário: 15h


Local: Auditório da Escola da AGU - Rua da Assembleia, 77, 13º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ.


Público Alvo: Advogados da União, Procuradores Federais, Procuradores da Fazenda Nacional, Procuradores do Banco Central, Defensores Públicos,Advogados da Caixa Econômica Federal, Assistentes Jurídicos, ocupantes de cargo de direção e assessoramento, Servidores da AGU e demais parceiros.


Vagas: 50 (cinquenta). A Escola da AGU não custeará despesas de deslocamentos.


Inscrições abertas até 7 de maio, ou no dia, no próprio local. Clique abaixo e faça sua inscrição.


A palestra será transmitida pela TV Escola.


CoordenaçãoEscola da AGU no Estado do Rio de Janeiro
e-mail: escolaaagu.rj@agu.gov.br
Telefones: (21) 3043-2950 - 3043-2953
Postado por Rosangela da Silveira Toledo Novaes às 18:50 0 comentários Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no OrkutLinks para esta postagem
Reações:

Mesmo proibida a discriminação, gays não podem doar sangueMotivado por uma campanha da empresa onde trabalha, em Belo Horizonte, o produtor cultural Danilo França, de 24 anos, decidiu doar sangue pela primeira vez. Junto com um grupo de colegas, seguiu as etapas previstas: preencheu a ficha de inscrição e foi para a entrevista com o médico do hemocentro. Na momento da conversa, França descobriu que não poderia doar sangue porque mantém um relacionamentohomossexual. "Fiquei atordoado, sem graça. Fiquei chateado e me senti discriminado", disse.


Uma norma nacional considera inapto à doação qualquer homem que tenha se relacionado sexualmente com outro homem no período de 12 meses. O mesmo vale para heterossexuais que, no mesmo período, se relacionaram sexualmente com várias parceiras.


Entidades de defesa dos direitos dos homossexuaisreclamam da restrição e querem reacender o debate sobre o tema. "A cada fato novo, a gente tem que abrir a discussão. Se a pessoa usa preservativo e não tem comportamento de risco, não pode ser impedida de doar", argumenta Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT).


A regra do Ministério da Saúde, que vigora há mais de sete anos...
tracking img