Homilia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1920 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
mNós Vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e Vos bendizemos; porque pela Vossa Santa Cruz remistes o mundo.

Irmãos e Irmãs

Após uma caminhada quaresmal, onde nos recolhemos para uma profunda meditação sobre a paixão, morte e ressurreição de nosso senhor Jesus Cristo, com a celebração de domingo de ramos, onde rezávamos a entrada triunfante de Cristo em Jerusalém, que fora aclamado como rei:“Bendito o rei, que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas alturas!”, (Lc 19,38); iniciamos a Semana Maior, a Semana Santa. E celebramos hoje, unidos a Igreja do mundo inteiro, a Paixão de Cristo, a morte Daquele que nos deu a vida. Nesta celebração, marcada na hora em que Cristo entrega seu espírito ao Pai: “Pai, em tuas mãos entrego o meu Espírito” (Lc 23,46), somos convidados a interiorizareste momento e adorarmos a Cruz daquele que nos remiu por seu sangue, a Cruz que pela morte nos trouxe vida, e vida em plenitude.

Este é ainda o primeiro dia do Tríduo pascal. O que Jesus realizou ontem nos ritos da Ceia, ele hoje realiza na dureza da Cruz: entregou-se totalmente por nós, consumou por nós a sua vida, numa total entrega ao Pai, para nos reconciliar com Deus.

Esta belíssimaLiturgia é solene e dramática. Altar desnudo, cruzes veladas ou retiradas da igreja, nenhum ornamento. Quase não há palavras para exprimir o estupendo mistério que celebramos: o eterno Filho, Deus santo, vivo e verdadeiro, nesta tarde sacratíssima, por nós se entregou ao Pai, em total obediência, até a morte, e morte de cruz!

Como nos exprime a Liturgia das Horas a Paixão de nosso Senhor eSalvador Jesus Cristo é para nós penhor de glória e exemplo de paciência (VL II. p. 376). Quem é Cristo se não aquele que “no princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus: e a palavra era Deus?” (Jo 1,1). Essa Palavra de Deus “se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,14). Se Jesus não tivesse tomado a nossa natureza humana e se feito homem, Ele não poderia se entregar em uma cruz até a morte pornossos pecados, mas por amor, por tão grande amor, Ele assumiu um corpo corruptível e se fez participantes de nossa morte para nos tornar participantes da vida.

Na primeira leitura de hoje, ouvimos o cântico do servo sofredor, percebemos no livro do profeta Isaías a exaltação de Cristo que se entrega na Cruz, a imagem de Jesus que foi desprezado, levou bofetões e cusparadas, a Imagem de Cristoque “era desprezado como o último dos mortais, homem coberto de dores, cheio de sofrimentos; passando por Ele, tapávamos o rosto; tão desprezível era, não fazíamos caso dele”. (Is 53,3). Deus por tão grande amor e misericórdia, fez recair sobre Ele toda a nossa culpa, todos os nossos pecados, sendo que morrendo por nós, “levado como cordeiro ao matadouro ou ovelha que tosquiam” (Is 53,7), emnenhum momento reclamou ou hesitou em cumprir aquilo que o Pai havia preparado para ele.

Como é lindo percebemos o imenso amor do mistério da Paixão, de uma vez por todas, Cristo se entregou para nos salvar dos pecados e nós homens voltamos a pecar, na nossa fraqueza, muitas vezes escolhemos a vida de pecado e não a vida em Deus. Vivemos em mundo rápido, marcados por várias transformações,infelizmente sabemos que cada vez mais o homem se torna capitalista e consumista, o que impede com que ele veja a beleza de tão grande sacrifício que hoje nos reunimos aqui para celebrar. Jesus Cristo é o servo dos servos, é o servo bem sucedido e sua ascensão foi ao mais alto grau, não por ser filho de Deus, ou por gloriar-se disso, mas sim por ter sido obediente, por ter feito tudo aquilo que o Paitinha para Ele.

Como seria imprescindível que o mundo inteiro compreendesse a Paixão de Cristo para que as relações entre homens pudessem tomar um novo sentido, onde percebendo que Cristo amou o mundo até o fim, todos se sentissem impulsionados a amar o próximo por amor a Deus. Nós aqui hoje somos privilegiados, por termos a grande graça de podermos conhecer este mistério, mas temos que saber...
tracking img