Homepatia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9147 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
JOSÉ MARIA ALVES

ORGANON
SAMUEL HAHNEMANN
RESUMO - PORTUGUÊS

WWW.HOMEOESP.ORG

1

O Organon de Hahnemann é a mais elevada concepção da filosofia médica, cuja interpretação prática fará brotar uma fonte imensa de luz que guiará o médico por meio da lei da Cura a um novo mundo em terapêutica.
William Boericke

2

Cessat effectus ecamt causa

Abril de 2008

3

INTRODUÇÃOHahnemann, depois da publicação da quinta edição do Organon, começou a trabalhar durante os seus tempos livres – que eram bem escassos –, numa sexta edição, procedendo à revisão de cada parágrafo, com as consequências daí decorrentes, nomeadamente, alteração de alguns princípios e eliminação ou aditamento de conceitos. Em 1790, fez a célebre experimentação com China – veja-se a biografiasintética de Hahnemann em www.homeoesp.org Daí até 1839 experimentou noventa e nove substâncias, anotando os efeitos produzidos no seu corpo. Estas notas foram reunidas nas obras Fragmenta de Viribus Medicatorum Positivis, Materia Medica Pura e Moléstias Crónicas. Foi indubitavelmente o Homeopata que experimentou um maior número de substâncias medicamentosas. Em 1810 escreve o seu Organon da Medicina, queaté à quinta edição sofreu alterações em 1819, 1824 e 1829. A quinta edição fora publicada em 1833 e ainda hoje se constitui como obra base da Homeopatia para milhares de práticos. Após dezoito meses de trabalho, escreveu em Fevereiro de 1842 ao seu editor, dando-lhe conta do facto de ter terminado a obra, considerando que a mesma se aproximava por comparação com as outras edições da perfeiçãopossível, exprimindo o desejo de que fosse impressa com a aparência, elegância e beleza condizentes com a sua importância – Hahnemann sabia que esta seria a última edição do Organon. A quinta edição do Organon, foi objecto de uma excelente tradução de Dudgeon. Por seu turno, as alterações aduzidas por Hahnemann foram traduzidas por William Boericke – veja-se o Organon completo em língua inglesa,neste site, www.homeoesp.org

4

Boericke, considerou no seu prefácio à sexta edição, como modificações importantes relativamente à edição anterior: • Numa nota bastante extensa do parágrafo 11, responde Hahnemann à questão da influência dinâmica; • Nos parágrafos 22 e 29 encontraremos a sua concepção última respeitante ao princípio vital-dinâmico, termo que substituiu o de força vital dasedições anteriores; • Os parágrafos 52 e 56 foram rescritos; • O parágrafo 148 que se refere à origem da enfermidade, foi renovado de modo quase integral. Aí, negou Hahnemann, que a Materia peccans seja o primeiro factor etiológico; • Os parágrafos 246 a 248 são de vital importância no que respeita à escolha das doses nas doenças crónicas – aconselha iniciar o tratamento com uma dose única, com repetição,mas com distintas potências. • Os parágrafos 269 a 272 estão consagrados à preparação dos medicamentos, em consonância com as suas últimas ideias; • No parágrafo 273 está definitivamente demarcado o princípio do remédio único; • Na nova nota do parágrafo 282, de enorme importância, aconselha que o tratamento das doenças crónicas directamente dependentes da psora, da sífilis e da sicose sejaefectuado de modo diferente do que constava das edições anteriores – Deverá começar-se o tratamento com grandes doses do remédio específico, e se for necessário várias vezes ao dia, utilizando sucessivamente dinamizações mais altas. No tratamento das verrugas considera necessária a aplicação local do remédio usado internamente – excepção à utilização externa dos remédios homeopáticos. Na prefácio daprimeira edição (1810) Hahnemann escreveu: Durante a minha investigação das práticas e das ideias tradicionais das velhas escolas de medicina, encontrei o caminho da verdade. (...) Os resultados das minhas descobertas são apresentados neste livro. Resta ver se os médicos irão abrir seus olhos à salutar verdade. Devo prevenir o leitor que a preguiça, o gosto pelo fácil e a obstinação impedem o...
tracking img