Homeopatia o ser humano e o ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HOMEOPATIA
CIÊNCIA E CURA
GEORGE VITHOULKAS

Evolução da medicina na história da humanidade:

Na Grécia antiga a civilização evoluiu, enquanto que a medicina mantinha métodos primitivos e

duvidosos.
Na era cristã, enquanto novas expressões religiosas e artísticas nasciam a medicina se preocupava
em aplicar sangrias e purgativos.
No século XVIII e XIX a ciência avançou tremendamente,embora ainda se permitisse usar métodos
mais que primitivos e arcaicos para a época.

Foi nesse período que Samuel Hahnemann; médico alemão; formulou os princípios da homeopatia
comprovando as leis e princípios que regem a saúde e doença. No entanto ele fora desacreditado por

seus colegas médicos, já que esse pensamento estava muito a frente da doutrina médica para a época.
Conceitos maismaterialistas, formulados por Louis Pasteur; levaram a acreditar com a descoberta
dos micróbios que essa seria a causa das moléstias. Com o avanço da medicina, porém, percebeu -se
que o organismo deveria estar suscetível ao micróbio para a infecção propriamente dita. No entanto os
médicos ignoraram esse fato e continuaram a tratar com agentes antibióticos desenvolvendo outras

drogas baseadosem novas descobertas de bactérias, vírus ou micróbios.
A medicina tradicional se desenvolveu numa sociedade científica utilizando -se sempre da mais moderna
tecnologia, apenas para o extermínio da doença, ou seja o efeito e não sua causa.

Ela baseou sua estrutura em:


pesquisas



experimentações



opiniões e



suposições

e não em leis e princípios onde se relacionaa saúde e a doença.
Por isso muitas pessoas após inúmeras tentativas de tratamento ortodoxo sem sucesso recorrem as terapias

alternativas.
Pois essas doenças muitas das vezes que começam agudas se tornam crônicas devido a vida atribulada e exigida
onde o tratamento se torna paliativo em vez de curativo.

Tratar doenças como asma, artrite, colite, úlceras, epilepsia, e depressão comremédios tradicionais apenas
oferecem resultados paliativos, além do terrível efeito colateral que causam sem contudo tratar eficientemente a
doença em si.

Como deve ser o sistema terapêutico ideal?
Efetivo e com um mínimo de risco ou nenhum risco para o paciente. Sua eficácia não deve ser apenas
eliminação da doença mas sim a erradicação de sua causa com o fortalecimento do corpo e bem estar doindividuo.
Não deveria ser caro, mas acessível à toda população e compreensível também.

E devemos nos perguntar: qual o objetivo da vida humana?

A resposta a princípio nos leva a crer que seja o bem material. É o imediato. Que nos leva,
aprofundando o pensamento, para o encontro da felicidade através da realização de nossos desejos.

Mas o estado de felicidade é interno e imaterial,portanto não depende tanto do material e das
condições externas e sim de seu interior(estado de espírito).
Seguindo um raciocínio mais aprofundado podemos dizer que o ser humano precisa incondicionalmente
gozar de uma saúde perfeita para atingir um estado de felicidade que é um pré -requisito para sua
evolução humana; ou melhor, espiritual. Desta forma o espírito humano está diretamente ligado aoseu

organismo físico.
Então, nos aprofundaremos nessas questões:



O que é o ser humano?



O que é ser saudável?



O que estar doente?
O livro está dividido em 4 partes:



Os conceitos básicos : Homem, Saúde e Doença. As leis e princípios dessa relação na saúde e na
doença.



Detalhamentos precisos e sistemáticos métodos e técnicas onde esses conceitos sãoaplicados.



A essência dos medicamentos homeopáticos.



Casos clínicos, análises e estudos detalhados

CAPÍTULO 1

O ser humano no meio
ambiente

Homeopatia é:
 Compreensão do ser humano em seus três diferentes níveis
de existência.

 A importância hierárquica dos sintomas e síndromes e sua
interpelações.
 A compreensão da teoria dos miasmas em sua verdadeira...
tracking img