Homeopatia tcc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 52 (12980 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
“As nuvens mudam sempre de posição, mas são sempre nuvens no céu. Assim devemos ser todo dia, mutantes, porém leais com o que pensamos e sonhamos; lembre-se, tudo se desmancham no ar, menos os pensamentos”

Paulo Beleki

RESUMO

A Homeopatia é reconhecida como especialidade médica efarmacêutica e podendo muito contribuir no contexto social brasileiro por ser uma prática que vê o paciente de forma integral buscando através de seu equilíbrio físico, mental e psicológico a melhoria de sua saúde e qualidade de vida. Para a homeopatia, a força vital é a mantenedora do equilíbrio orgânico, sendo a doença o desequilíbrio desta força expressa em fenômenos deletérios. Seu ideal máximo é a cura,o restabelecimento rápido e duradouro, no entanto suave, agindo mais segura e menos nocivamente pelos seus princípios básicos: a lei dos semelhantes, a experimentação no homem sadio, as doses mínimas e o remédio único.
A nova visão do corpo humano, trazida pela física quântica, revela um campo especializado de energia. Este conceito é uma revolução no pensamento vigente. O modelonewtoniano de cura se baseia nas interações moleculares (como enzimas e receptores), mas Einstein traz o novo modelo que mostra como compreender o mundo das partículas subatômicas e o campo de energia gerado por elas. Nasce assim a mecânica quântica. Neste panorama surge um novo caminho para a compreensão da ação dos medicamentos homeopáticos que ainda necessitam de investimentos em pesquisas a fim deelucidar as dúvidas a respeito do funcionamento das doses infinitesimais, uma vez que na prática clínica os resultados têm mostrado sua eficácia.

SUMÁRIO

LISTAS DE ABREVEATURAS

ABFH – Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas
AMB – Associação Médica Brasileira
AMHB – Associação Médica Homeopática Brasileira
CH – Centesimal de Hahnemann
CRF- Conselho Regional de Farmácia
CRM –Conselho Regional de Medicina
DH – Escala decimal de Hering
OMS – Organização Mundial de Saúde
ONG – Organização Não Governamental
PNMNPC – Política Nacional para medicinas naturais e Práticas Complementares
PNPIC – Portaria nacional de Práticas Integrativas e Complementares
PSF – Programa de Saúde na Família
SUS – Sistema Único de Saúde

1- INTRODUÇÃO

A homeopatia foifundada em 1796 por Samuel Hahnemann (FONTES
et al, 2001) e na atualidade é uma especialidade médica e farmacêutica que consiste em ministrar ao doente doses mínimas do medicamento para evitar seus efeitos tóxicos, visando,contudo, estimular sua reação orgânica. A Homeopatia é classificada como um sistema terapêutico filosófico experimental de acordo com seu iniciador, Hahnemann, mas com as novasdescobertas no campo da física quântica, ruma para ser considerado também como um sistema científico. A moderna biologia alicerçada nos conceitos da nova física não descreve mais os seres apenas como átomos e moléculas agindo de forma determinística e aleatória. Amoderna biologia ressalta os sistemas sob o ponto de vista bioenergético. A partir dos eventos que ocorrem no meio interno, como a interaçãodos campos elétricos e magnéticos, surge uma estrutura energética ainda muito questionada que é a energia consequencial que Hahnemann em sua concepção vitalista chamou de Energia Vital
(MORAES, 1991). Para a homeopatia a força vital é a mantenedora do equilíbrio orgânico, sendo a doença o desequilíbrio desta força expressa em fenômenos deletérios (FONTES, 2001). Com o objetivo de restabelecer oequilíbrio vital, a homeopatia, deve ser capaz de identificar as suscetibilidades mórbidas individuais observadas através do conjunto dos sintomas característicos que o enfermo manifesta. O tratamento homeopático segue um modelo que emprega o princípio de cura pela similitude, administrando doses infinitesimais de substâncias que, ao serem experimentadas anteriormente em indivíduos sadios,...
tracking img