Holocausto e a negação do holocausto

Páginas: 8 (1999 palavras) Publicado: 14 de outubro de 2011
Negacionismo do Holocausto consiste em afirmações de que o genocídio de judeus durante a Segunda Guerra Mundial—comumente chamado de Holocausto[1]—não aconteceu, ou que não aconteceu da maneira ou nas proporções historicamente reconhecidas. O elemento chave em tais afirmações é a rejeição aos seguintes tópicos: de que o governo nazista alemão colocou em prática uma política de perseguiçãodeliberada de judeus com a finalidade de sua exterminação enquanto povo; que mais de cinco milhões[1] de judeus foram sistematicamente mortos pelos nazistas e seus aliados; e que o genocídio foi realizado emcampos de extermínio a partir da utilização de ferramentas de assassinato em massa, tais como câmaras de gás.[2][3]
Os negacionistas do Holocausto geralmente não aceitam o termo "negacionismo" comouma descrição apropriada de seu ponto de vista, utilizando ao invés disso o termo "revisionismo". Estudiosos usam o termo "negacionismo" para diferenciar negacionistas do Holocausto de revisionistas históricos que utilizam-se de metodologias reconhecidas academicamente. As metodologias de negacionistas do Holocausto são criticadas por serem baseadas em conclusões pré-determinadas que ignoramextensivas evidências históricas.[4]
A maioria dos negacionistas do Holocausto sugerem, ou afirmam abertamente, que o Holocausto é uma farsa surgida de uma conspiração judaica para sobrepor o interesse dos judeus às custas de outros povos. Por esta razão, a negação do Holocausto é geralmente considerada uma teoria da conspiração antissemita.[5][6]
-------------------------------------------------Terminologia e etimologia
Aqueles envolvidos na negação do Holocausto preferem referir-se a seu trabalho como um revisionismo histórico, sendo contrários ao rótulo de "negacionistas". Estudiosos consideram a utlização do termo revisionismo neste caso um equívoco, uma vez que os métodos da negação do Holocausto diferem daqueles empregados por uma revisão histórica legítima. O revisionismo históricolegítimo foi explicado em uma declaração divulgada pela Universidade Duke em resposta a um anúncio produzido pelo Committee for Open Debate on the Holocaust de Bradley R. Smith:
“ | É verdade que historiadores estão constantemente envolvidos em revisionismo histórico; no entanto, o que historiadores fazem é muito diferente do mostrado no anúncio. O revisionismo histórico de eventos importantes(...) não está preocupado com a veracidade de tais eventos; ao contrário, preocupa-se com sua interpretação histórica—suas causas e consequências em geral.[7] | ” |
Na obra The Holocaust: Problems and Perspectives of Interpretation, Donald L. Niewyk fornece algumas explicações sobre como o revisionismo histórico legítimo—a reexaminação da história consolidada e sua atualização com informaçõesrecém-descobertas, mais precisas ou imparciais—pode ser aplicado ao estudo do Holocausto enquanto novos fatos surgirem para modificar a compreensão histórica do acontecimento:
“ | Com os principais aspectos do Holocausto claramente visíveis a todos exceto os deliberadamente cegos, os historiadores direcionaram sua atenção aos aspectos da história onde as evidências são incompletas ou ambíguas. Estasnão são, de forma alguma, questões secundárias, aparecendo em temas como o papel de Hitler no evento, a resposta judaica à perseguição, e as reações de testemunhas tanto dentro quanto fora da Europa sob controle nazista.[8] | ” |
Em contraste, o movimento de negação do Holocausto baseia seus argumentos na idéia pré-determinada de que o Holocausto, como reconhecido pela historiografia predominante,não aconteceu. Chamada por vezes de "negacionismo" a partir do francês négationnisme, introduzido por Henry Rousso, trata-se por fim de uma tentativa de reescrever a história ao minimizar, negar ou simplesmente ignorar fatos essenciais. Koenraad Elst escreveu:
“ | Negacionismo significa a negação de crimes históricos contra a humanidade. Não é a reinterpretação de fatos conhecidos, mas a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Holocausto
  • Holocausto
  • O holocausto
  • o holocausto
  • Holocausto
  • holocausto
  • Holocausto
  • O Holocausto

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!