Hobbes x lock

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1800 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Thomas Hobbes
Hobbes esboçou o que seria a vida do homem antes das sociedades organizadas tomando como base que a natureza fez os homens iguais, quanto às faculdades do corpo e do espírito, onde cada indivíduo teria todos os direitos para conservar sua vida. Esse "direito de natureza (jus naturale) é a liberdade que cada homem possuí de usar seu próprio poder, da maneira que quizer, para apreservação de sua própria natureza, ou seja, de sua vida; e conseqüentemente de fazer tudo aquilo que seu próprio julgamento e razão lhe indiquem como meios adequados a esse fim". Como o homem é racional, ele projeta fins e devido à igualdade natural de, os fins, muitas vezes, são os mesmos segundo o desejo de muitos homens, o que faz com que eles se tornem inimigos já que é impossível que a mesmacoisa seja gozada por ambos. O "estado de natureza" é um estado de guerra permanente, representando a vida antes de um poder instituído e, portanto, está inserido nessa "guerra de todos os homens contra todos os homens", onde "o homem é o lobo do homem". A condição do homem em tal estado, conseqüentemente, era miserável e sua vida era solitária, sórdida, embrutecida e curta, não existindo indústria,ciências, letras e muito menos arte. Entretanto o pior, e constante, temor era o perigo de morte violenta.
Na natureza humana, segundo Hobbes, encontramos três causas principais de discórdia: acompetição, a desconfiança e a glória. "A primeira leva os homens a atacar os outros tendo em vista o lucro; a segunda, a segurança; e a terceira, a reputação". O homem, no estado de natureza, não podetrabalhar, cultivar o espírito e não busca a compainha do outro: quando se pensa que se pode fazer algo de bom ou construir algo, vem alguém e destrói tudo. A desconfiança impera juntamente com os acordos momentâneos. A busca pelos mesmos fins resulta num choque natural e nada é injusto, pois não há lei (somente a lei do mais forte). Se cada homem preservar seu direito a todas as coisas, o que se podeesperar é a morte violenta.

THOMAS HOBBES X JONH LOCKE

Mesma Base, DiferentesConclusões
Embora Hobbes e Locke terem a mesma Base em Relação a suasteorias, Eles tomam Conclusões totalmente divergentes uma da outra. Lockefaz oposição a Hobbes no campo da política, apresentando uma teoria liberal,inversa ao estado absoluto de Leviatã. O estado é dirigido pelo soberanoatravés de mandatopopular. No momento em que um conflito aparece àvontade da nação deve prevalecer. Hobbes diz que se Trata de Preservar avida, fazendo a paz sempre que possível e a guerra sempre que necessário, deonde deriva para todos uma liberdade igual e irrestrita, Locke diz que se Tratade preservar a vida.

4.1 O Estado de Natureza
“E assim cheguei 
ao fim de meu discurso sobre governo civil e eclesiástico,ocasionado pelas desordens dos tempos presentes, sem parcialidade, sem servilismo, e sem outro objetivo senão colocar diante dos olhos dos homens a mútua relação entre proteção e obediência, de que a condição da natureza humana e as leis divinas (...) exigem um 
cumprimento inviolável.” Thomas Hobbes “Leviatã” 

Para bem compreender o poder político e derivá-lo de sua origem,devemos considerar emque estado todos os homens se acham naturalmente, sendo este um estado de perfeita liberdade para ordenar- lhes as ações e regular-lhes as posses e as pessoas conforme acharem conveniente, dentro dos limites da lei da natureza, sem pedir permissão 
ou depender da vontade de qualquer outro homem.” 
 
John Locke
 
Segundo Tratado sobre o Governo
Hobbes Entende que o Estado de natureza é umestado deGuerra, porque, tendo todos direito a tudo, tornam-se inimigos uns dosoutros e, não sendo assim nenhum homem mais forte que o outro capaz deexercer o poder sobre todos, segundo Locke, os homens em Estado deNatureza são livres, iguais e independentes na medida em que todos estãosujeitos às leis da natureza, que é a razão, não devendo abusar de sualiberdade para prejudicar os outros.

4.2...
tracking img