Historia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1880 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A Revolução Francesa do século XVIII

Um tema soberano
Miceli aborda sobre o fato de a Revolução Francesa ao longo dos anos ter se transformando em um dos temas mais frequentes em trabalhos e atividades relacionados à história. Para ele todo esse destaque se deve principalmente ao fato de a Revolução Francesa ser uma espécie de marco fundamental da sociedade capitalista. Sendo festejada portodos aqueles que veem na tomado do poder pela burguesia o momento de chegada de algo muito importante, mas não significa que todos festejem pelos mesmos motivos, pois para muitos ao derrubar os derradeiros obstáculos que se opunham à constituição da sociedade capitalista ela também acabou favorecendo as bases para a sua superação, algo que poderia ser feito através de uma revolução socialista,eliminando todas as injustiças sociais.
A Revolução Francesa é considerada “o modelo clássico de revolução democrático-burguesa”, modelo porque pode servir de exemplo para outros movimentos revolucionários, clássico porque resistiu à deterioração que normalmente atinge os acontecimentos históricos democrático porque suas palavras de ordem (liberdade, igualdade, fraternidade), tencionavamassegurar princípios de respeito aos direitos de cada um, como bem supremo formador da nação moderna e por ultimo, burguesa, porque como sua própria historia demonstrou sua reprodução imaginaria ajuda a deter propostas de mudança efetivas, ou seja, deve continuar intocável, assegurando os valores de liberdade, igualdade e fraternidade, mas sempre de acordo com o seu conceito burguês, impedindo assim queelas corram o risco de tornar-se realidade.
Manter as promessas da filosofia
As pessoas que viveram na chamada Idade Média passaram a história com fama de serem entre outras coisas amedrontadas, mas há de se entender que naquela época antes de ser a historia dos homens ou de suas religiões, era a historia da igreja, senhora quase absoluta do saber e beneficiária do poder que esse monopólioajudava a ampliar. Foi a partir do Renascimento que a história dominante foi deixando de ser a da igreja, passando a ser fonte de exemplos e ensinamentos para governantes. A historia devia continuar sendo útil, só que agora deveria beneficiar as aspirações de natureza diversa.
Nos séculos XVII e XVIII mudanças profundas se ocorriam nos campos da religião e da filosofia, mas a historia comoensinamento continuou sendo determinante, ou seja, a razão que os pensadores do século XVIII erigiram como bem supremo não afetou profundamente essa concepção de historia. Alem da introdução das relações capitalistas no campo e nas cidades, da miséria que atingia a maioria da população, da incapacidade dos governantes e da “ajuda” divina, a revolução também possui suas origens intelectuais, mas há de seressaltar que a burguesia ou os setores burgueses não elaboraram eles próprios, reflexões sobre questões filosóficas, pois seu interesse principal consistia na elaboração de formas permanentes de aumentar seus lucros, outros que filosofassem por eles e tratassem de encher com suas ideias luminosas acerca do destinos dos homens naquele novo mundo que se imaginava construir.
O iluminismo propunha ouso da razão contra a tradição e o autoritarismo, assim surge uma nova divindade e se instala no espaço que os homens possuíam para abrigar seus mitos: o saber, não um saber qualquer, mas um saber cientifico especializado. Graças a esse saber os homens estariam livres do medo e seriam transformados em senhores, seus mitos anulados e sua imaginação dissolvida.
Antigo Regime: um sistema emdecadência
A Revolução Francesa, assim como a Inglesa conheceu momentos de radicalização, mas foi o desmantelamento gradativo da velha ordem o terreno fértil onde essas manifestações conquistaram o direito de existir, e foi onde a revolução encontrou eco para reproduzir suas palavras, ai começam as semelhanças entre as duas revoluções e ai mesmo parecem se esgotar, vale lembrar que em ambas o processo...
tracking img