Historia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6229 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DISCIPLINA:


HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO I



PROFESSORA: Cíntia Cavalcante de Souza


CURSO: PEDAGOGIA





SEMESTRE: 1°







GUARANTÃ DO NORTE – MT



ASPECTOS HISTÓRICOS DA EDUCAÇÃO DA ANTIGUIDADE ATÉ NOSSOS DIAS
UNIDADE I – EDUCAÇÃO ANTIGA E MEDIEVAL

CAPÍTULO I - A EDUCAÇÃO ANTES DA ESCOLA

1. O objetivo da educação nos povos primitivos épromover o ajustamento da criança ao seu ambiente físico e social por meio da aquisição da experiência de gerações passadas.
2. Entre os povos primitivos a criança adquire o conhecimento necessário por meio da imitação:
1ª fase (primeiros anos de vida): imitação inconsciente;
2ª fase (adolescentes): imitação consciente.
3. As cerimônias de iniciação possuem especialvalor educativo nos seguintes aspectos
a. moral;
b. social;
c. político e religioso.
4. Animismo é a crença de que tudo possui uma alma.
O aprendizado dos métodos que apaziguarão o mundo dos espíritos constitui a parte mais importante da sua educação.
5. Os primeiros professores são, inicialmente, a classe formada pelos chefes de grupos familiares.Posteriormente, a instrução passa a ser dada pelos sacerdotes, que se constituem nos primeiros professores profissionais.

A EDUCAÇÃO HINDU

Em seus aspectos mais gerais a educação hindu não difere muito da chinesa. A diferença da educação hindu com a chinesa e com outros sistemas orientais deve-se principalmente ao sistema de castas da sociedade hindu.
Essas castas são quatro:
1. Osbrâmanes ou sacerdotes: esta classe fornece todos os professores e controla toda a legislação.
2. Os xátrias, ou seja, os generais ou classe executiva militar.
3. Os vaicias ou classe industrial.
4. Os sudras ou classe servil.
Além dessas castas havia os párias, que eram considerados fora da organização social bramânica, ou sem casta.
Os sudras e párias não recebiam nenhum tipo deeducação formal.
Os membros das classes guerreira e industrial tinham acesso às escolas mantidas pelos membros da classe superior. A educação literária superior, no entanto, era reservada unicamente aos brâmanes. Eles adquiriam um minucioso conhecimento das escrituras sagradas.

A EDUCAÇÃO JUDAICA

Num aspecto os judeus diferenciaram-se dos demais povos orientais: deram muito maisoportunidade para o desenvolvimento da personalidade. E nesse aspecto, inclusive, contribuíram para o desenvolvimento da cultura ocidental. Nos demais aspectos da educação, no entanto, eles não diferem muito do tipo oriental.
Com relação ao ensino, os judeus não foram tão adiantados quanto os chineses, pois praticamente não chegaram a possuir escolas para o povo em geral. Toda a instrução ministrada pelosescribas e sacerdotes ao povo judeu centralizou-se na lei contida na Bíblia e no Talmude.

CAPÍTULO II - A EDUCAÇÃO ORIENTAL
1. A educação oriental é centralizada no domínio da linguagem e da literatura.
A transição da sociedade primitiva para os primeiros estágios da civilização caracteriza-se pelos seguintes aspectos:
a. substituição da organização genética da sociedadepor uma organização política;
b. formação de uma linguagem escrita e de uma literatura.



A EDUCAÇÃO: CHINESA, HINDU, E JUDAICA.

2. A educação oriental é centralizada no domínio da linguagem e da literatura.
A transição da sociedade primitiva para os primeiros estágios da civilização caracteriza-se pelos seguintes aspectos:
c. substituição da organizaçãogenética da sociedade por uma organização política;
d. formação de uma linguagem escrita e de uma literatura.


3. Os principais aspectos da educação chinesa são:
a. Caracteres da linguagem são idéias e não sons.
b. Os nove livros sagrados utilizados como material didático contém menos de cinco mil caracteres diferentes.
c. Os Quatro Livros e os Cinco...
tracking img