Historia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1492 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANTIGUIDADE PARA IDADE MEDIA UM NOVO
SIGNIFICADO DENTRO HISTERIOGRAFIA




Trabalho apresentado ao curso de Linceciatura em História da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para disciplinas História Antiga, Comunicação e Linguagem, Filosófia, Introdução ao Estudos Históricos e Semenario I.

Orientador Profª: Guilherme, Celso, Marcia, Bernadete e Taíse.










Brasileia/Ac2012
INTRODUÇÃO

Pelo presente artigo intitulado “O FIM DO MUNDO ANTIGO: UMA DISCUSSÃO HISTÓRIAGRAFICA” refere-se sobre a maneira pela qual as transformações observadas no conhecimento histórico a partir do século XVIII proporcionaram múltiplas interpretações sobre a “queda” do Império Romano. A Antiguidade Tardia (séculos III/VIII) se apresenta como um períodohistórico marcado por diversas reformulações políticas, sociais, culturais e religiosas vinculadas com a tradição helenística greco-romana. Dentre as várias reformulações ocorridas destacamos aquela que faz referência à concepção e à idéia da própria História, visivelmente pautada na retórica helenística e que passa, no mundo tardo-antiga. Tal mudança se deve tanto pelas inovações técnicas e materiaiscaracterísticas a partir do século III como também pela nova forma de vincular os acontecimentos históricos. Tal inovação, típica da Antiguidade Tardia, será adotada pelos pensadores cristãos a partir do século IV, tendo como resultado mais evidente a idéia da intervenção divina no desenvolvimento da própria História. Em todos, é perceptível como nossos paradigmas atuais de investigação têm orientadonossos olhares em direção a um passado que, por vezes, parece tão distante no tempo e no espaço, mas que de nós se aproxima pelas temáticas abordadas, pelos conceitos utilizados as mais variadas naturezas e apresentados nos mais diversos suportes, têm sido relidos de forma crítica.

DESENVOLVIMENTO

O fim do Mundo Antigo não pode e nem deve ser visto como um período de decadência, queda oudeclínio, mas sim de surgimento de novas concepções religiosas e estéticas, de novas invenções e técnicas artísticas que exerceram uma inegável influência sobre as civilizações posteriores. Todas essas transformações se encontram encerradas no conceito de Antigüidade Tardia, o qual possui a atribuição precípua de valorizar a especificidade de um mundo marcado pela fusão da cultura pagã clássicacom os valores cristãos e bárbaros que há de aprender-se a reconhecer em sua originalidade e a julgar-se por si mesmo e não através dos cânones de outras idades (Marrou: 1980: 15). Por outro lado, se a passagem da Antigüidade para a Idade Média não pode mais ser compreendida, em absoluto, nos termos de uma suposta “decadência”, como argumentam com propriedade os que empregam o conceito deAntigüidade Tardia, restaria ainda explicar as razões pelas quais o Império Romano do Ocidente se fragmentou. Na verdade, muito embora a perspectiva, digamos, culturalista, assumida por Marrou, Peter Brown e inúmeros outros especialistas sejam bastante apropriados na medida em que busca enfatizar os aspectos que não se ajustam a uma visão de ruptura e descontinuidade absolutas, a análise realizada pelosautores tende a ser excessivamente otimista. Nela não há conflitos e tudo parece concorrer para que não tenhamos uma impressão sinistra do fim do Mundo Antigo, razão pela qual afirma Peter Brown (1972: 35): "As profundas modificações religiosas e culturais do fim da Antigüidade não têm por teatro um mundo aterrado pela sombra de uma catástrofe. Longe disso, os homens dessa época formam uma sociedaderica e surpreendentemente compreensiva que se estabiliza e conquista uma estrutura significativamente diferente da classe romana do período clássico."
Na Grécia Antiga haveria importante passagem da linguagem mito-poetica para o discurso filosófico. Sócrates, Platão e Aristóteles elaboraram importantes contribuições nesse campo assim como na Roma Antiga a produção filosófica e literária foi...
tracking img