Historia

Páginas: 25 (6250 palavras) Publicado: 28 de abril de 2012
O fim do mundo antigo: uma discussão historiográfica
The end of Ancient World: a historical debate

Gilvan Ventura da Silva
Resumo: Com este artigo, pretendemos refletir sobre a maneira pela qual as
transformações observadas no conhecimento histórico a partir do século XVIII
proporcionaram múltiplas interpretações sobre a “queda” do Império Romano. Nesse
sentido, analisamos como a mudançana concepção de tempo, a crítica às noções de
progresso e decadência e a superação do paradigma positivista permitiram que a transição
da Antigüidade para a Idade Média adquirisse um novo significado dentro da historiografia.
Abstract: With this article, we intend to discuss how some writers since 18th century
treated the “decline” of the Roman Empire connected with their historical views.Therefore, we analyze the emergence of a new conception of time, the refutation of
progress and decadence as useful historical concepts and the dissolution of the positivist
paradigm trying to show how the theme of the passage from Antiquity to Medieval Age
acquired a new meaning according to these deep and important theoretical changes.
Palavras-chave: Mundo Antigo - Desagregação -Historiografia
Keywords: Ancient World - Disintegration - Historiography

***

Mirabilia 01
Dec 2001/ISSN 1676-5818

Introdução

O fim do Mundo Antigo sempre representou, ao longo da História, um
apaixonante tema para todos aqueles que se sentiam atraídos pela “grandeza”
e “decadência” de Roma, o que não nos deve suscitar uma excessiva
admiração - a expressão “fim do Mundo Antigo” nãopossui, no espaço desse
trabalho, nenhum conteúdo pejorativo, daí que a utilizaremos com freqüência,
nas páginas subseqüentes, para definir o ápice de todo um amplo conjunto de
transformações que vinham se processando no interior da sociedade romana
desde o século III. Estas transformações redefiniram de tal forma o perfil da
Civilização Clássica que se torna impossível negar que a Idade Médiasignificou o advento de uma outra civilização, não obstante inúmeros
elementos da cultura romana poderem ser detectados sem muito esforço ao
longo de todo o período medieval.
De fato, após nada mais nada menos do que dez séculos de História, uma das
mais importantes civilizações da Antigüidade encontrava sérios obstáculos à
sua manutenção como uma estrutura integrada, sendo atingida por umasérie
de reveses políticos, econômicos e culturais internos, além de sofrer com
problemas de ordem externa, como foi o caso das famosas invasões bárbaras,
tidas por muitos como o principal fator responsável pela “queda” do Império
Romano do Ocidente (embora os manuais de História Antiga costumem
incluir os três séculos anteriores à instauração da República [509 a.C. aprox.]
no período devigência da Civilização Romana, para efeitos deste trabalho
julgamos por bem considerar que a Civilização Romana propriamente dita
somente se constitui a partir da segunda metade do século VI, momento no
qual emergem formas de organização social que poderíamos identificar como
sendo tipicamente romanas e não mais etruscas ou mesmo latinas). Por sua
vez, a tendência a se atribuir aos “bárbaros” umamaior responsabilidade nos
acontecimentos que irão culminar com a desagregação do Império Romano
remonta até Comodiano e Ambrósio (séculos III e IV respectivamente).
Dentre os historiadores contemporâneos que se afinam com essa concepção,
merece referência André Piganiol, que certa vez afirmou: "a Civilização
Romana não pereceu de morte natural. Foi assassinada" (1972: 466). Contudo,
amaior parte dos autores se inclina por uma análise dos fatores internos da
desagregação. Para um maior esclarecimento sobre o assunto, consultar
Fernández Ubiña (1982).
Diante de um acontecimento tão insólito como este, os espíritos não
poderiam permanecer serenos e passivos. Pelo contrário, tornava-se
imprescindível descobrir os motivos pelos quais isto se deu, apontar os
indícios de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • HISTÓRIAS NOSSAS HISTÓRIAS
  • Historia da Historia
  • Historia das historias
  • historia e historia
  • a historia da historia
  • historia da historia
  • histórias nossas histórias
  • historia da historia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!