Historia e temporalidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (759 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA E TEMPORALIDADE

O artigo “História e Temporalidade: Abordagens Teóricas para Estudos de Religiões” do autor Leandro Seawright é subdividido em seis capítulos nos quais fala sobre teoria;história; temporalidade; religião; mito.
Iniciando o autor aborda que os historiadores sociais que pretendem dialogar com as ciências da religião, e com outras áreas do conhecimento humano, não devemjulgar as experiências religiosas à luz das próprias experiências. Basicamente, a história social, sobre as religiões e os religiosos, preocupa-se também com as mudanças e permanências da sociedadeestudada. Sabe-se, portanto, que os vestígios do passado são escolhidos por historiadores presentes para realizações das suas conclusões investigativas com ponderações dos fatos operantes nas lógicas dosacontecimentos sucedidos.
O autor afirma que todas as construções historiográficas são ou estão impregnadas por influências ideológicas dos seus autores. Grande parte das “historiografiaseclesiásticas” brasileiras foi produzida endogenamente segundo critérios do paradigma tradicional descritos por Burke (1992).
Para produzir histórias menores, vistas de baixo, torna-se verossimilmente necessárioprestar atenção nos vestígios menores que não estão presentes nas documentações oficiais e tampouco nos documentos regulares manejados institucionalmente. Observando Freud, Sherlock Holmes e o críticode artes Morelli, Ginzburg (2006) demonstram que os pormenores reveladores, como vestígios, são impreteríveis à micro-história.
Estudar as religiões e os religiosos, instrumentalizados pelosprocedimentos indiciários, é, portanto, desvendá-los nas suas subversões experienciais segundo os conhecimentos indiretos, indiciários e conjecturais. Cada religioso é, assim, parecido com os doentes –referidos por Ginzburg (2007) – que precisam da particularização do olhar médico. Tal como existe um “mal específico” em cada doente, existem dramas particulares, micro-históricos, nos diversos períodos...
tracking img