Historia e origem da banda larga

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1288 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO


1 INTRODUÇÃO 3
2 DESENVOLVIMENTO 4
3 CONCLUSÃO..................................................................................................... 7
REFERÊNCIAS 8





INTRODUÇÃOSerá destacado no decorrer deste trabalho a história e origem da banda larga no Brasil, o acesso, o consumo e as consequências ocorridas em meio ao aumento da internet.
Focalizaremos a visão da nossa sociedade em meio às novidades tecnológicas, a maneira como a inclusão digital chegou e está comprometendo a vida das pessoas e em contra partida veremos a necessidade desuperação e adaptação para essa nova realidade.
Enfim, serão abordadas em meio às mudanças e os avanços ocorridos à nova visão que acarretará ao profissional do serviço social no que se refere à questão da tecnologia existente na vida da sociedade. Visto que se encontram obstáculos na maneira de adaptação para a grande maioria tendo que quebrar um tabu que é o receio por computador, oumelhor, por tecnologia em geral.



DESENVOLVIMENTO



O termo banda larga pode apresentar diferentes significados em diferentes contextos. Este termo era usado para definir qualquer conexão à Internet acima da velocidade padrão dos modems analógicos (56 Kbps). A recomendação I.113 do setor de Padronização da UIT define banda larga como a capacidade de transmissão que ésuperior àquela da primária do ISDN a 1.5 ou 2 megabits por segundos. O Brasil ainda não tem uma regulamentação que indique qual é a velocidade mínima para uma conexão ser considerada de banda larga. Para obter velocidade acima desta tem-se obrigatoriamente de optar por outra maneira de conexão do computador com o provedor. Existentes inúmeras soluções no mercado. O termo pode ser usado comooposição à Banda estreita ou Banda base. (Wikipédia, a enciclopédia livre).

Em meio ao crescimento, ou melhor, ao aumento da renda, em consideração a política de juros minimizados e aos financiamentos facilitados em evidência a partir do Plano Real, foi mostrado que os “novos consumidores” obtiveram acesso a bens duráveis, visto que em especial a eletroeletrônica, levando assim estes aalavancar seu status a um novo padrão de consumo, são os considerados como a nova classe média, que encontram-se em necessidade de conforto, informação, em fim, de tecnologia.
Convém destacar que a tecnologia, a internet, entre outras novidades do mundo atual, passou a fazer parte do dia-dia das pessoas no intuito de facilitar suas vidas. Por outro lado é importante ressaltar queainda há um déficit de acesso a esses bens em algumas comunidades, por falta de conhecimento, de interesse e por falta de sinal de rede em locais de difícil acesso.
Em uma pesquisa realizada em São Paulo no ano passado, foi relatado que 68% dos domicílios brasileiros possuíam internet banda larga, por outro lado, foi averiguado que 18% dos lares brasileiros possuíam internet móvel.Portanto foi comprovado que a banda larga móvel foi a principal, pelo crescimento na proporção de conexão de banda larga no país. Este meio de conexão via banda larga móvel ultrapassam o acesso discado que está em franco declínio, destaca o Gerente do Cetic.br, Alexandre Barbosa.
Portanto, em meio às facilidades os brasileiros passaram a utilizar os serviços de banda larga e vemcrescendo com o passar dos anos, visto que as pessoas passaram também a utilizar do acesso domiciliar o que passou a reduzir o acesso e a procura nas lan houses.
No que foi visto na pesquisa é que os usuários da internet encontram-se presentes em diversos sites de relacionamentos como o Facebook, Orkut, Mns entre outras redes sociais. Aumentou a procura por serviços e informações, como...
tracking img