Historia e estetica da arquitetura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1572 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE E DA ARQUITETURA III

A ESCOLA DE CHICAGO
I. CONTEXTO HISTÓRICO DA CIDADE
A cidade de Chicago (EUA) surge a partir da instalação do Forte Dearbon em 1804. Este é destruído pelos índios e reconstruído em 1812. Em 1830, o povoado que se formou por ocasião do forte toma status de cidade. Esta é construída em sua maior parte por edificações em madeira, materialdisponível na região. Em 1871, já com 300.000 habitantes, a cidade de Chicago é completamente destruída por um incêndio.

A reconstrução torna-se muito intensa no período de 1880 a 1900. A antiga aldeia dá lugar a um moderno centro de negócios, com edifícios para escritórios, grandes magazines e hotéis, onde são experimentados novos sistemas de construção, a fim de melhor atender às necessidades do novoséculo e da sociedade industrial.

A cidade de Chicago em 1898 1

ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE E DA ARQUITETURA III     O elevador de segurança a vapor chega a Chicago em 1864 Em 1870 chega o primeiro elevador hidráulico Em 1887 começa a difusão do elevador elétrico Também é inventado o telefone

II. A ESCOLA DE CHICAGO
Escola de Chicago é o temo que designa os diversos profissionais(para o nosso caso, especialmente os urbanistas, arquitetos e engenheiros) que trabalharam nesse contexto de ressurgimento de Chicago. Na primeira geração pós-incêndio, encontramos:  William Le Baron Jenney (que foi o mais importante projetista desta geração); William W. Boyngton J.M. van Osdel

Também há inovações estruturais que permitem elevar a altura dos edifícios e aumentar os espaços devidraças. Além disso, o concreto passa a ser usado nas fundações. Surgem os altíssimos edifícios para escritório com o esqueleto estrutural em ferro e aço. O arranha-céu passa a ser símbolo da arquitetura americana. Wright afirma que o arranha-céu é “um estratagema mecânico” para “multiplicar as áreas afortunadas tantas vezes quantas for possível vender e revender a área do terreno original”. Essesaltos edifícios inauguram um novo modo de ver a arquitetura. Eles são reflexo do novo cenário urbano com as exigências da sociedade industrial. Com esse novo panorama, a Escola de Chicago traz inestimável contribuição para as bases do Movimento Moderno. Uma dificuldade, entretanto, é o reconhecimento pelos próprios protagonistas de seu importante papel histórico para um movimento que sequerexistia. Por este motivo, muitos deles encontravam-se divididos entre dois caminhos difíceis e opostos:  O retorno ao conformismo dos estilos históricos (adotado por Burnhan)

 

Pelo estúdio de Le Baron Jenney passaram importantes projetistas da segunda geração pós-incêndio. Dentre eles destacam-se:     Daniel H. Burnhan William Holabird Martin Roche Louis Sullivan, que mais tardeassociou-se a Dankmar Adler

Os projetistas dessa época possuem formações e temperamentos diversos, o que produz diferentes concepções arquitetônicas. Alguns são homens de negócios, outros são técnicos ou artistas. Louis Sullivan é um caso à parte, pois ele critica seus colegas e acha que deve estabelecer por si só um estilo próprio. Por este motivo, ele se enquadra mais próximo dos artistas de vanguardacomo H. H. Richardson e Frank Lloyd Wright. Os altos edifícios do centro de Chicago são possibilitados pelas inovações técnicas da época. Entre elas:

2

ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE E DA ARQUITETURA III  A experiência individual de vanguarda (adotado por Sullivan) metálica interna. De todo modo, Jenny sempre mantém um certo número de paredes estruturais em alvenaria compacta, onde demonstraseu estilo ainda neoclássico.

LE BARON JENNEY
Le Baron Jenney é um engenheiro formado pela École Polytechnique de Paris que abre seu estúdio em Chicago no ano de 1868, em sociedade com S. E. Loring. As primeiras experiências de sustentar um edifício sobre um esqueleto metálico sofisticado, equilibrado com precisão e protegido contra o fogo, devem-se a ele. Esses princípios são aplicados...
tracking img