Historia medieval

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (698 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
JOÃO SYLVIO CASPARY DE SOUZA

ABORDAGEM HISTORIAGRAFICA DA IDADE MÉDIA
A ORDEM SOCIAL E AS CIDADES

FUNDAÇÃO CECIERJ/CONSÓRCIO CEDERJ/UNIRIO
POLO CANTAGALO-2012

JOÃO SYLVIO CASPARY DE SOUZAABORDAGEM HISTORIAGRAFICA DA IDADE MÉDIA
A ORDEM SOCIAL E AS CIDADES
RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS PROPOSTOS NA PRIMEIRA AVALIAÇÃO A DISTÂNCIA (AD) DO CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA-DISCIPLINA: HISTÓRIA MEDIEVAL

FUNDAÇÃO CECIERJ/CONSÓRCIO CEDERJ/UNIRIO
POLO CANTAGALO-2012

QUESTÃO 1
Identifique e caracterize a abordagem historiográfica que alterou a concepção de Idade Média noséculo XX.
Res.:
A corrente historiográfica que alterou a forma de enxergarmos, de entendermos o período medievo foi a Escola de Analis, sendo esta uma corrente historiográfica que surgiu na Françano decorrer do século XX e que teve em Marc Bloch e Jacques Le Goff os seus principais expoentes. Esta nova forma de compreender a história abriu um leque maior de fontes de pesquisas, que trouxeram atona questionamentos anteriormente não abordados no estudo de temas históricos. Fontes historiográficas como o amor, o casamento, a infância, entre outras nos permitiram entender a história, e nestecaso específico, a Idade Média através de um outro prisma, um prisma positivo, voltado agora para as inúmeras contribuições que a Idade Média proporcionou para a humanidade, tais como: a superação doescravismo, e a criação da escolástica e das primeira universidades. A partir desta nova visão, a idade média passa a ser então abordada, não como um período de trevas, e sim como um período produtivoe de grandes contribuições para a humanidade.

QUESTÃO 2
Identifique os dois pontos básicos da nova abordagem que o texto propõe discutir.
Res.:
Os dois pontos são o significado das Sociedadesde Ordens e o papel desempenhado pelas cidades e o comércio na sociedade medieval.


QUESTÃO 3
Explique a afirmativa: “(...)a divisão da sociedade em três ordens não era uma realidade vivida...
tracking img