Historia do simbolo da farmacia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1028 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
História do símbolo da farmácia

A taça com a serpente nela enrolada é internacionalmente conhecida como símbolo da profissão farmacêutica. Sua origem remonta a antigüidade, sendo parte das histórias da mitologia grega.
Tudo começou com um centauro: Chiron. Ao contrário da maioria dos de sua raça, caracterizados pela selvageria e violência, Chiron se dedicou aos conhecimentos de cura. Tevecomo um dos seus discípulo o deus Asclépio (também denominado Esculápio), ao qual ensinou os segredos das ervas medicinais. Asclépio se tornou o deus da saúde e tinha como símbolo um cetro com duas serpentes nele enroladas. Contudo, ele não utilizava seu conhecimento somente para salvar vidas, mas usava seu poder para inclusive ressuscitar pessoas.
Descontente com a quebra do ciclo natural da vida,Zeus resolveu intervir. Os deuses entraram então em batalha e Zeus acabou matando Asclépio com um raio.
Com a morte de Asclépio, a saúde passou a ser responsabilidade de sua filha Hígia, que se tornou dessa maneira a deusa da saúde. Hígia tinha como símbolo uma taça que com sua “promoção” foi adicionada por uma serpente nela enrolada. Essa cobra é, obviamente, uma representação do legado de seupai. Assim o símbolo de Hígia da taça com a serpente se tornou, posteriormente, o símbolo da farmácia.
Segundo as literaturas antigas o símbolo da Farmácia ilustra o poder (cobra) da cura (taça).

http://pfarma.com.br/farmaceutico/68-historia-do-simbolo-da-farmacia.html




RESOLUÇÃO Nº 471, de 28 de fevereiro de 2008.Aprova o regulamento sobre os símbolos oficiais dos farmacêuticos.






O Conselho Federal de Farmácia – CFF, no exercício de suas atribuições legais e regimentais conferidas pela Lei nº 3.820/60 e pelo seu Regimento Interno;

Considerando a necessidade de aperfeiçoamento e atualizaçãopermanente da legislação que disciplina a atividade profissional do farmacêutico;

Considerando as inúmeras solicitações ao CFF, por Instituições de Ensino, para que este Conselho Federal elabore o texto oficial para o juramento dos formandos e defina a cor da pedra do anel de grau e da faixa da beca, de modo a possibilitar a identificação da categoria;

Considerando anecessidade de instituir e normatizar um símbolo heráldico (brasão), representativo da categoria;

Considerando que compete ao CFF tomar as providências necessárias ao registro dos símbolos da categoria, constantes da presente Resolução, bem como divulgar entre os Conselhos Regionais de Farmácia e outras instituições farmacêuticas;

Considerando a decisão destePlenário, em reunião realizada no dia 28 de fevereiro de 2008,RESOLVE:

Art. 1º - Aprovar o regulamento, parte integrante do presente ato, que dispõe sobre o heráldico (brasão), o juramento, a cor da pedra do anel de grau e da faixa da beca dos farmacêuticos.

Art. 2º - O símbolo heráldico será constituído da seguinte forma: um círculo na cor amarela, contendo na parte interna uma taça, entrelaçadapor uma serpente.

Art. 3º - O juramento a ser proferido nas solenidades de Colação de Grau será o de Hipócrates, tradicionalmente utilizado na maioria dos cursos de Farmácia do País, conforme texto a seguir apresentado:

“Prometo que, ao exercer a profissão de Farmacêutico, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência.
Nunca me servirei da profissãopara corromper os costumes ou favorecer o crime.
Se eu cumprir este juramento com fidelidade, gozem, para sempre, a minha vida e a minha arte, de boa reputação entre os homens.
Se dele me afastar ou infringi-lo, suceda-me o contrário”.


Art. 4º - A faixa da beca, a ser utilizada em solenidades de Colação de Grau,...
tracking img