Historia do brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1390 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O brasil foi descoberto em 22/04/1500 xfjjjjjjjjjjjjjj jgmhhmgfjmnh kmgh mdhmhjmhjn fg fdxjfj sgjfsgj fjs jsgj tgjht stj drj sjdtj srjsrt jsryjsrt jsrtj srt jrt rsthrtjrstjrstj rtj rstj rstj tsr jrtjrtj srxjsrtgjrstjgrjsrtj rtj srtj rstj srtj rstjrtj srtjsrt jsrtjrs tjrstj srtjdrtj sdrtj srt é serh erh edazhreaz herh serh esrhre erh erh earh azefgh fbh erhrza rh rh zh r hraze he er he reh erhfehefhsrherhsa res sh rhre hre he erh erherh erherherherh er rehefh erhefh tjethreer rougjwgb nbnbgeargihae gbjbntehgh ehbeghre bviaer ghajen jatebj nihaehn etbnde tfhgav bbjkbkh bvk bkj bjbnkjf mdhmdofhm jnhjndflhndlfkjhndfh jdf hjdfhjdfnhljdfh dfhjndfhnkldfnhlndf hdflkjhndkflnhkdfnh dflhnkldfhkldnfhkldf hkndfkhnkdfnh dfhklndfklhndf hdklfnkdnfhnd fhdkfhndfklnhdf hldkfnndflhkndf hnkdfklhndfhdfhkndkfnh ldfhklndfkh dfkhndflkhdf llhndf nhd lfhkndfkhd llhdnfkhndm fhlkndfknhd fhlkndfh dflkhndfl hldfnhldfkhl dflhldkfnhdflkdfjjhjhjhjhj gvibkjfn kj chjc kjfnccfmiv yi yf yio iyvhli hkv jk cjhyv lk j bn k k k jkbgj bk gkvhklv vkhvkl kb nk vkhhhgy hvhjvb ky vhvmj,hv cvvvvljhjgylhvfu voub u vvuy jhb kvbgljkfkhvhgfyib gibi gyufdbjjmj antonio nunes paaaaaaaaaaaaa
Considerações conceituaisQuandonos referimos à palavra enquanto um conjunto de letras, ela é parte da linguagem escrita ou gráfica. Quando nos referimos à palavra enquanto um conjunto de sons, ela é parte da linguagem falada ou glótica. Em ambos os casos, este é o denominado aspecto externo ou representação material da palavra, e a este aspecto externo, material, damos o nome de vocábulo.[4]
Quando nos referimos à palavraenquanto índice da ideia que ela representa (ou seja: quando falamos do sentido por trás da palavra escrita ou falada), estamos nos referindo ao aspecto interno ou representação imaterial da palavra, e a este aspecto interno, imaterial, damos o nome de termo.[4]
É por isto que o correto é "explicar bem um termo", não "explicar bem um vocábulo". Do mesmo modo, o correto é "pronunciar bem um vocábulo",não "pronunciar bem um termo".
As palavras podem ser combinadas para criar frases.
Uma palavra também pode ser definida como sendo um conjunto de morfemas. Contudo, embora na língua escrita a demonstração deste conceito seja relativamente simples (e em muitos sistemas de escrita as palavras sejam delimitadas por espaços entre si), há idiomas que não usam divisores de palavras. É o caso dosânscrito.
Além disto, em antigos manuscritos latinos e japoneses (em que o uso do kanji era frequente) o uso de delimitadores de palavra era optativo.
[editar] Morfologia e DelimitaçãoNas línguas fusionais, uma única palavra (por exemplo: love -- "amar") pode assumir diferentes formas:
He loves ("Ele ama")
He's loving ("Ele está amando")
She's loved ("Ela é amada")
Tais formas não sãoconsideradas palavras diferentes, mas diferentes formas de uma mesma palavra. Nesta categoria de idioma, considera-se "palavra" toda reunião de vários morfemas.
Nas línguas aglutinantes, as palavras podem possuir um grande número de morfemas, equivalendo ao que em outros idiomas seriam frases complexas. Por exemplo, na língua yupik, angyaghllangyugtuq significa "ele quer comprar um barco grande".Estas palavras enormes continuam a ser palavras únicas, pois elas contêm apenas um lexema ("morfema lexical" ou "entrada de dicionário"): os demais morfemas são partículas gramaticais que perdem significado, quando avulsas.
Nas línguas analíticas, uma palavra quase sempre consiste de um único morfema. Entretanto, alguns conceitos são expressos pela combinação de sílabas ou grafemas em uma únicacomposição.
Na linguagem oral (ou falada, ou glótica), distinguir palavras individuais é ainda mais complexo: palavras curtas são pronunciadas de uma só vez, enquanto que palavras mais longas requerem vários ciclos de respiração. O francês falado possui algumas das características de uma língua aglutinante: je ne le sais pas (que significa "eu não sei disto") foneticamente torna-se ʒənələsepa....
tracking img