Historia do brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2362 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
HISTÓRIA

MICHELLE MILENE RODRIGUES OLIVEIRA

A FORMAÇÃO DO ESTADO E O COLONIALISMO

A FORMAÇÃO DO ESTADO E O COLONIALISMO

ANDRADAS
2012
MICHELLE MILENE RODRIGUES OLIVEIRA

A FORMAÇÃO DO ESTADO E O COLONIALISMO

Trabalho de. Michelle Milene Rodrigues Oliveira apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para aobtenção de média bimestral na disciplina de história

Orientador:Prof. Gleiton, Fabiane, Janaína, Reinaldo e Fábio

ANDRADAS
2012

1 INTRODUÇÃO

Este trabalho tem por objetivo formular e discutir conceitos historiográficos fundamentais para compreensão do eixo norteador desse semestre, que é a formação do estado e o colonialismo. Em primeiro momento explicando os conceitos de escravismo,servidão, colonialismo e estado moderno;após comparando-os dentro de idades históricas diferentes e por fim conceituando Estado moderno e colonialismo.
A formação do estado e o colonialismo nasceram na era moderna, essa se opôs a mentalidade medieval e se considerava iluminado pelas luzes da razão, da liberdade e dos direitos civis. Os modernos consideravam a idade media um período de atraso, ese inspiravam na Antiguidade clássica para erguer as bases dessa nova era. São elas: reaquecimento das atividades comerciais, fim do trabalho servil, aparecimento da burguesia e centralização do poder.
O estudo dessa mudança de mentalidade teocêntrica para a antropocêntrica nos faz entender o caminho que a humanidade percorreu para chegar na mentalidade contemporânea, onde quase tudo é visto comomercadoria, e o lucro é a busca diária – capitalismo



2 A formação do estado e o colonialismo
De forma geral entende-se como escravo, pessoas transformadas em propriedade jurídica de alguém, conseqüentemente perde seu valor, sua subjetividade. Como objeto, é obrigado a trabalhar para seu dono, produzindo riquezas e prestando serviços gerais,do trabalho que realiza, cabe-lhe o mínimonecessário para produzir sua força de trabalho.
Das primeiras civilizações á Antiguidade clássica era considerado escravo o prisioneiro de guerra.Na antiguidade grega a escravidão era praticada primariamente pelo Estado, freqüentemente em atos de conquista e reconquista imperial.A nova economia introduzida pelos gregos,o comércio, precisava de mão de obra, visto que o trabalho não era coisa doshomens livres,esses se dedicavam no saber.na economia de produção tribal havia a partilha e troca de serviços;no modo de produção tributário era cobrado impostos e tributos por uma elite dominante(reis, chefes de exércitos,sacerdotes de templo e proprietários de terra).os impostos poderiam ser pagos em produtos , moedas ou ainda com trabalhos forçados..No tributalismo o trabalho continua a sercoletiva, como também é coletiva a propriedade real dos meios de produção.A diferença essencial está no fato de existir uma minoria dominante que se apropria do excedente de produção.O modo de produção escravista nasce portanto do não pagamento e endividamento dos camponeses que levava a escravidão.O escravismo propriamente dito passa a ser creditada a partir das dominações grega e romana.O modo deprodução dominante na Grécia clássica , que regia a complexa articulação de cada economia local e dava o seu cunho a toda cidade estado ,era o escravismo.Na idade moderna , sobretudo a partir da descoberta da América, houve um florescimento da escravidão, baseados na crença de suposta superioridade racial e cultural dos europeus .O comercio de seres humanos existe a milhares de anos e foi incorporado aomercantilismo como aparente solução de mão de obra ao colonialismo, embora represente a busca por produtos e produção (o escravo é um produto –peça das Índias e meio de produção).Na África sempre existiu a escravidão,ora como punição,por motivo de fome ou guerra, onde os perdedores eram levados cativos.Os europeus ampliaram e intensificaram esta prática.Os controladores do fornecimento e do...
tracking img