Historia de rondonia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 64 (15862 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GEOGRAFIA E HISTÓRIA DE RONDÔNIA
Chapada dos Parecis, em Mato Grosso. Ao entrar em área rondoniense, encontra-se com o rio Mamoré, cuja largura varia entre 150 e 710 metros, com cerca de 2 a 10 metros de profundidade. O rio Guaporé “presenciou” grandes lutas, travadas entre os portugueses e os espanhóis. O rio Mamoré, por sua vez, é proveniente da Cordilheira dos Andes (na Bolívia), onde éconhecido pelo nome de Grande de La Plata. Ao receber as águas do rio Guaporé, que se unem ao rio Beni (também na Bolívia), passa a ser designado de Mamoré, formando a nascente do rio Madeira. Bacia do rio Ji-Paraná O rio Ji-Paraná é o mais destacado afluente do rio Madeira, em Rondônia, devido à longa extensão do seu curso, que cruza todo o Estado no sentido Sudeste/Nordeste. Sua complexidadehidrográfica atinge uma superfície de 92.500 km², aproximadamente. Os principais rios que formam estas Bacias hidrográficas: Rio Guaporé Nasce na serra dos Parecis, região de Mato Grosso. Ao alcançar a cidade de Vila Bela, toma a direção norte-oeste entrando em terras rondonienses na cidade de Pimenteiras do Oeste, passando por Cabixi, Cerejeiras, São Miguel do Guaporé até Costa Marques. A 12o de latitudesul recebe as águas do rio Mamoré. Seu trecho navegável é de 1.500 quilômetros e se constitui em fronteira natural entre o Brasil e a Bolívia. Seus afluentes brasileiros são os rios Cabixi, Corumbiara, Mequéns, Colorado, São Miguel, Cautário e Cautarinho, todos com nascentes na Chapada dos Parecis; Rio Mamoré Nasce na Cordilheira dos Andes, em território boliviano com o nome Grande de La Plata,passando a ser designado Mamoré quando alcança a Serra dos Pacaás Novos, região de Guajará-Mirim. Constituindose em fronteira natural entre o Brasil e a Bolívia, recebe as águas do rio Guaporé e, ao juntar-se ao Beni, outro rio boliviano, recebe a designação Mamoré e passa a formar a nascente do rio Madeira. Seu curso possui uma extensão de 1.100 quilômetros e é totalmente navegável. Tem comoprincipais afluentes brasileiros os rios Sotério, pacaás Novos, Bananeiras e Ribeirão ou Lajes. Seus acidentes hidrográficos são as corredeiras Lages, Bananeiras, Guajará-Acu e GuajaráMirim; Rio Ji-Paraná ou Machado Nasce da junção dos rios Barão de Melgaço, também chamado de Comemoração de Floriano, e Apediá, chamado de Pimenta Bueno, na chapada dos Parecis. Seu curso tem uma extensão de 800quilômetros, atravessando a região central do Estado até desembocar no rio Madeira, região de Calama, no município de Porto Velho. Tem como afluentes pela margem direita os rios Riozinho, Lourdes, São João e Tarumã. Pela margem esquerda os afluentes são os rios Luiz de Albuquerque, Rolim
1

GEOGRAFIA E HISTÓRIA DE RONDÔNIA

O moderno Estado de Rondônia, cuja capital é Porto Velho, surgiu da cisão deterras que, no passado, pertenciam aos seguintes Estados: Mato Grosso e Amazonas. Ao ser criado, em 1943, foi denominado de “território de Guaporé”. Em 17 de fevereiro de 1956, passou a ser chamado de Rondônia, mas só foi integrado à Federação em 1981. Seu nome é uma homenagem ao explorador dos sertões do Amazonas e do Mato Grosso, Cândido Mariano da Silva Rondon, o conhecido marechal Rondon. Embusca de novas terras e riquezas, franceses, ingleses, portugueses, holandeses e espanhóis entraram no Estado do Amazonas, por volta do século 17, período em que teve início a ocupação européia em terras amazonenses. Mas essa invasão passou a ser controlada, especialmente, pelo Tratado de Tordesilhas (importante documento que regulou a expansão e descobertas de Portugal e Espanha por meio de medidaslimítrofes) e pelo Tratado de Madri (documento que gerou novas definições de limites, concedendo a Portugal o direito de proteger e de se apropriar definitivamente da região). Seu povoamento foi efetivado com a exploração dos seringais, no século 19, por ocasião da etapa do ciclo da borracha. Nesse período, a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM) foi importantíssima. Bacias...
tracking img