Historia da tuberculose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2368 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
História da Tuberculose

Segundo algumas evidências, a tuberculose existe desde os tempos pré-históricos. Foram encontrados esqueletos de múmias do antigo Egito (3000 a.C.) e, mais recentemente, uma múmia pré-colombiana no Peru com sinais da doença. Várias tentativas de tratamento foram feitas, desde a ingestão de preparados exóticos até a utilização de sangrias e a indução de vômitos. Algunspacientes eram proibidos até mesmo de falar ou rir e ficavam deitados sem poder se movimentar. O mais comum deles se tornou a mudança de clima: os pacientes se deslocavam para regiões litorâneas ou montanhosas para se tratar e aqueles que não tinham forças para a viagem passavam a dormir com travesseiros de folhas de pinheiro ou colocar algas marinhas debaixo da cama.
No final do Século 19,pacientes abastados recebiam cuidados em sanatórios que eram como pousadas nas montanhas. Ao longo do tempo, esses lugares passaram a ser usados para isolamento dos doentes, tornando-se centros de tratamento para pessoas de qualquer classe social. A maior dificuldade encontrada pelos médicos era firmar o diagnóstico da doença antes que ela provocasse a falha dos pulmões e dos ossos. Esse diagnóstico sófoi possível a partir de 1824, após a invenção do estetoscópio. Em 1882, o famoso bacteriologista inglês Robert Koch identificou o agente causador da enfermidade, a bactéria Mycobacterium tuberculosis, também chamada de Bacilo de Koch em homenagem ao seu descobridor. A invenção do raio X, no final do Século 19, permitiu a produção (visualização) das imagens das partes internas do corpo,facilitando o diagnóstico da tuberculose.
Em 1908, os cientistas Albert Calmette e Camille Guérin conseguiram isolar uma cepa do bacilo da tuberculose para produzir culturas vivas atenuadas a serem usadas como vacina. A cepa recebeu o nome de Bacilo Calmette-Guérin, de onde surgiu o nome "BCG". Foi aplicada pela primeira vez em crianças em 1921. Somente em 1944 foi inventado o primeiro antibiótico, aestreptomicina, produzida a partir da garganta de uma galinha. Entretanto, sem o apoio ao tratamento e o contato entre doentes, surgiram bactérias resistentes ao medicamento. Para contornar o problema, desenvolveu-se um coquetel com quatro antibióticos.

Perfil epidemiológico

A tuberculose não apresenta variações cíclicas ou sazonais, de importância prática. A prevalência observada é maior emáreas de grande concentração populacional, e precárias condições sócio-econômicas e sanitárias. A distribuição da doença é mundial, com tendência decrescente da morbidade e mortalidade nos países desenvolvidos. Nas áreas com elevada prevalência de infecção pelo HIV, vem ocorrendo estabilização, ou aumento do número de casos e óbitos por tuberculose.
Estão mais sujeitos à doença, indivíduos queconvivam (contatos) com doente bacilífero, determinados grupos com redução da imunidade, silicóticos e pessoas que estejam em uso de corticosteróides, ou infectados pelo HIV.
Nas últimas décadas, o perfil de mortalidade da população brasileira foi substancialmente alterado, sendo traço marcante o declínio das doenças infecciosas e parasitárias, principalmente pela redução das diarréias e dasimunopreveníveis (BRASIL, 2005; LUNA, 2002; MONTEIRO, SILVA, WALDMAN, 1999). Entretanto, as patologias infecciosas continuam a representar importante fator de morbidade, sobretudo, pela emergência e reemergência de doenças como a aids e a tuberculose (BRASIL, 2007). Constata-se que, à exceção das doenças imunopreviníveis, as demais vêm se mantendo num patamar quase que constante nos últimos anos (LUNA, 2002).No Brasil e em outros 21 países em desenvolvimento, a tuberculose é um importante problema de saúde pública. Nesses países encontram-se 80% dos casos mundiais da doença. Segundo estimativas, cerca de um terço da população mundial está infectada com o Mycobacterium tuberculosis, com o risco de desenvolver a enfermidade. Todos os anos são registrados por volta de 8 milhões de novos casos e...
tracking img