Historia da tipografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5892 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de janeiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
The
 evolution
 of
 typography
 
 
  P R E F Á C I O
  É
  inegável
  que
  tipografia
  alcançou
  um
  espaço
  próprio
  e
  preponderante
  na
  sociedade
  actual.
  Todos
  os
  dias
  a
  toda
  hora
  somos
  invadidos
  por
  novas
  formas,
  novos
  tipos
  e
  novas
 abordagens.
  Sabe-­‐se
  com
  segurança,
  que
  a
  escolha
  e
  utilização
  de
  um
  tipo
  de
  letra
  para
  um
  objecto
  de
  design
  específico
  nunca
  é
  inocente,
  se
  quiser
  ser
  bem
  sucedida.
 Muitos
 casos
 há,
 que
 a
 má
 utilização
 da
 tipografia,
 provocou
 a  quebra
 de
 vendas
 e
 fracasso
 em
 campanhas
 publicitárias
 e
 operações
 de
  marketing.
  Estes,
  talvez
  os
  casos
  mais
  flagrantes,
  uma
  vez
  que
  logo
  podemos
 observar
 os
 resultados,
 são
 a
 prova
 de
 que,
 a
 tipografia
 é
 muito
  mais
 que
 a
 exposição do
 alfabeto
 e
 numeração
 com
 um
 certo
 "estilo".
 É
  claro
 que,
 em
 qualquer
 objecto
 no
 qual
 sejam
 utilizados
 tipos,
 o
 risco
 de
  sucesso
  está
  sempre
  relacionado
  com
  a
  eficácia
  e
  adequação
  que
  se
  faz
  dos
  mesmos.
  Se
  nuns
  casos
  o  objectivo
  é
  comercial,
  noutros
  pode
  ser
  pedagógico
 ou
 informativo.
  No
  entanto,
  tudo
  o
  foi
  dito
  anteriormente
  parece
  imperceptível
  aos
  olhos
 das
 pessoas.
 Ainda
 que
 tenha
 havido
 uma
 melhoria
 substancial
 nos
  últimos
  anos,
  mais
  uma
  vez
 Portugal
  se
  distanciou
  das
  sociedades
  mais
  avançadas
  e
  desenvolvidas.
  Como
  prova
  disso,
  basta-­‐nos
  atentar
  ao
  número
 de
 reflexões
 escritas
 por
 autores
 oriundos
 de
 outros
 países
 e
 ao
  completo
 “deserto”
 existente
 no
 contexto
 livreiro
 nacional.
  É  neste
  contexto
  de
  carência
  total,
  que
  nos
  propomos
  a
  abordar
  o
  tema
  da
  Tipografia.
  No
  entanto,
  não
  pretendemos
  narrar
  toda
  a
  sua
  história,
  pois
  considerámos
  que
  a
  nossa
  abordagem
  não
  traria
  nada
  de
  novo.
  Ou
  por
  outro  lado,
  se
  por
  ventura
  decorrermos
  nesse
  caminho
  esperamos
  trazer
  algo
  de
  novo.
  Pretendemos
  uma
  nova
  perspectiva
  sobre
  este
  tema.
  Para
  isso
  decidimo-­‐nos
  focalizar
  numa
  das
  questões,
  que
 nos
 parece
 mais
 controversa:
 dissecar
 o
  verdadeiro
 surgimento
 do
  conceito
  tipografia,
  como
  disciplina
  e
  como
  método
 
  estilístico.
  Para
  alcançar
  os
  nossos
  intentos,
  teremos
  de
  fazer
  varias
  distinções
  de
  conceitos
  e
  a
  par
  disso
  a
  cronologia
  de
  todo
  um
  movimento,
  ou
  seja,  desde
  a
  escrita
  como
  simples
  veiculo
  de
  transmissão
  de
  conteúdos
  ao
  surgimento
  da
  tipografia
  como
  ideal
  conceptual
  e
  como
  arte
  mecânica.
  Descrevendo
  todo
  um
  movimento
  de
  constantes
  mutações,
  julgamos
 
  1
 

The
 evolution
 of...
tracking img