Historia da riqueza do homem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4085 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CINCO NOTAS A PROPÓSITO DA "QUESTÃO SOCIAL” *
José Paulo Netto**

Na agenda contemporânea do Serviço Social brasileiro, a "questão social" é ponto saliente, incontornável e praticamente consensual.
E é por razões mais que solidas: de uma parte, está à pressão que sobre a prática profissional dos assistentes sociais exerce o fato de que corridas quase duas décadas da derrota daditadura, a chamada dívida social, ser resgatada com a restauração democrática, foi acrescida¹; de outra, porque a continuidade do processo de renovação profissional exigiu uma atualização da formação acadêmica que, muito corretamente, está ancorando o projeto formativo na intervenção sobre a "questão social"². Entretanto, rebate ainda nesta saliência da "questão social" o renovado interesse queela tem despertado sobre investigadores europeus - nomeadamente franceses - cuja obra influi na elaboração de pesquisadores e docentes brasileiros da área do Serviço Social.
Assim, a atualidade da “questão social" se põe tanto para os assistentes sociais de campo quanto para aqueles que se ocupa, especialmente na academia, com a formação das novas gerações profissionais e com a investigaçãoda realidade social.
Mas é fato que a expressão "questão social" não é semanticamente unívoca; ao contrário registram-se em torno dela compreensões diferenciadas e atribuições de sentido muito diversas. Qualquer esforço de precisão, neste domínio, deve ser saudado - muito particularmente porque ela é utilizada. Por isto, considero extremamente oportuno que os organizadores do VII ENPESStenham reservado um espaço para tematizar especificamente a "questão social".
E, agradecendo o convite para participar deste evento, quero desde já assinalar o caráter extremamente modesto da minha intervenção que busca apenas e tão somente, oferecer algumas determinações teóricas e históricas para circunscrever o que entendo como "questão social", no marco da tradição ético-política em queainda me situo, contra ventos e marés - a tradição marxista.
________
* Transcreve-se aqui o esquema que o autor desenvolve na sua intervenção no marco do VII Encontro Nacional de Pesquisadores em Serviço Social (ENPESS), promovido pela Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa e Serviço Social (ABEPSS), realizado entre 21 e 24 de novembro de 2000, na Universidade de Brasília (UnB).
**Professor titular da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
¹ E para este acréscimo não foi pequena a contribuição oferecida pela orientação macroeconômica que os dois governos FHC implementaram, com o respaldo dos organismos representativos do capital financeiro internacional e para gáudio dos seus sócios nativos, além, naturalmente, da alegre capitulação de boa parte daintelectualidade acadêmica. O desastre que esta orientação tem significado para a massa da população brasileira não pode ser abordada aqui - mas alguns dos seus indicadores estão recolhidos no volume organizado por I. Lesbaupin, O desmonte da nação. Balanço do governo FHC (Petrópolis Vozes, 1999).
² "O Serviço Social se particulariza nas relações sociais de produção da vida social como umaprofissão interventiva no âmbito da questão social, expressa pelas contradições do desenvolvimento do capitalismo monopolista" (Diretrizes gerais para o Curso de Serviço Social", ABESS/CEDEPSS. Caderno ABESS S. Paulo, nº 7. 1977).

1.
Todas as indicações disponíveis sugerem que a expressão "questão social" tem história recente: seu emprego data de cerca de cento e setenta anos. Parece que começoua ser utilizada na terceira década do século XIX e foi divulgada até a metade daquela centúria por críticos da sociedade e filantropos situados nos mais variados espaços do espectro político³.
A expressão surge para dar conta do fenômeno mais evidente da história da Europa Ocidental que experimentava os impactos da primeira onda industrializante, iniciada na Inglaterra no último...
tracking img