Historia da propaganda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2449 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
História da propaganda

Alunos: Brenna D’Castro, Carolina Tenório, Gabriella Spiaggia, Isabel Vanessa, Ivana Queiroz, Letícia Cattozzi, Thiago Santana e Vitória Caroline.

Orientadores: Deyglis Fragoso, Erik Soares e Lorena Brígida.

Jaboatão dos Guararapes-PE
20/08/2012
Brenna D’Castro, Carolina Tenório, Gabriella Spiaggia, Isabel Vanessa, Ivana Queiroz, Letícia Cattozzi, Thiago Santanae Vitória Caroline.

História da Propaganda



Trabalho de aprofundamento do conteúdo da Feira de Conhecimentos.
Instrutores: Deyglis Fragoso, Erik soares e Lorena Brígida.

Jaboatão dos Guararapes-PE
20/08/2012

3
Sumário

I – Introdução--------------------------------------------------4
II - Historia da propaganda-----------------------------------5III-A evolução das propagandas-----------------------------6
IV - Censura ---------------------------------------------------8
V - Como as propagandas influenciam---------------------9
VI - A propaganda no Brasil--------------------------------14
VII - Conclusão-----------------------------------------------19
VIII -Bibliografia-------------------------------------------21 IX – Anexos--------------------------------------------------22







4
I-Introdução

Este trabalho tem por objetivo principal a propaganda, considerando os aspectos históricos. Foi na Igreja Católica do século XVII que o termo “propaganda” foi utilizadopela primeira vez. Isto aconteceu quando o papa Gregório XV criou a Sagrada Congregação Católica Romana para a Propagação da Fé ou “sacra congregatio Christiano nomini propaganda”. Durante este período a igreja católica concentrava grande poder e a propaganda foi utilizada como ferramenta de propagação e manutenção da fé além de ser utilizada para conversão de povos pagãos. O entendimento que temoshoje sobre propaganda como sinônimo de semear e incutir ideias e ideais, vem deste período. Com a reforma protestante, o surgimento da imprensa, das classes mercantis e mais tarde com a revolução industrial. A igreja passa a não ser mais a única a propagar ideias. As organizações não católicas começam a utilizar a propaganda como ferramenta de difusão de suas doutrinas e ideais.
5
II - Históriada propaganda

As organizações religiosas antigamente se constituíam nas principais difusoras de ideias. O clero era o centro do conhecimento e os únicos habilitados a ler e escrever. Neste período a propaganda assumiu um caráter de divulgação de natureza religiosa para conversão dos povos gentios.
A Reforma protestante, o aparecimento da imprensa, o surgimento das classes mercantis ecomerciais, a descoberta de novos mundos e, mais tarde, a Revolução Industrial, fizeram com que a Igreja Católica perdesse seu monopólio na propagação de ideias. Outras organizações não católicas começaram a se utilizar da propaganda na difusão de novas ideias, princípios e doutrinas, a qual deixou de ser exclusividade dos sacerdotes e se tornou uma atividade peculiar a vários tipos de organizaçõeseconômicas, sociais e políticas.


6
III - A evolução das propagandas

Ao contrário do que pensamos, a publicidade é algo que existe há muito... Como pinturas em paredes e rochas, por exemplo. E junto com essas “expressões artísticas”, vinham os panfletos a fim de atingir o público-alvo. Na Arábia antiga faziam mensagens comerciais políticas. Já os egípcios utilizavampapiros para fazerem cartazes, e em Pompeia havia tabuletas a anunciar combates entre gladiadores. Na Inglaterra, apareceu o que seria mais um meio de propaganda de produtos e serviços, o jornal. Porém, com o tempo apareceram as propagandas enganosas, mas foi este problema que resultou na regulamentação dos conteúdos publicados nos anúncios publicitários, no sentido da proteção do consumidor. Em...
tracking img