Historia da igreja primitiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2884 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A HISTORIA DO CRISTIANISMO – IGREJA PRIMITIVA ( 100 –300)


1. CAUSAS DA PERSEGUIÇÃO

Políticas
Enquanto a Igreja Cristã fazia parte do judaísmo, que era religião licita, a Igreja sofreu pouco. Mas logo que foi distinguido do judaísmo foi classificada como seita, uma sociedade secreta, o cristianismo recebeu a interdição do estado romano que não admitia nenhum rival à obediência porparte de seus súditos. Tornou-se então, uma religião ilícita, uma religião ilegal, considerada como ameaça à segurança do estado romano.


A religião cristã, era rápido em crescimento, exigia exclusiva lealdade a Cristo, César era colocado em segundo plano e este era o temor dos lideres romanos, empenhados em preservar a cultura clássica dentro da estrutura do império estatal: como desleais aoEstado, para os romanos os cristãos estavam tentando fundar um estado dentro do estado o Corpo de Cristo, tinha de ceder a soberania exclusiva de César .


Muitas práticas cristãs pareciam confirmar as suas suspeitas da deslealdade básica cristãos ao Estado levantada pelas autoridades romanas:


- Os cristãos se recusavam terminantemente a oferecer incenso nos altares devotados ao culto aoimperador romano. Quem sacrificasse nesses altares, podia praticar uma segunda religião particular.
- Os cristãos também realizavam a maioria de suas reuniões à noite e em segredo. Para a autoridade romana isto deixava claro que se preparava uma conspiração contra a segurança do estado.


Religiosas
A religião romana era mecânica e externa. Tinha seus altares, ídolos, processionais, ritose praticas que o povo ver. Os romanos não se opunha a acrescentar um ídolo ao grupo do Panteão, desde que a divindade se subordinasse às pretensões de primazia feitas pela religião do Estado. Os cristãos não tinham ídolos e no seu culto nada havia para ser visto. Seu culto era espiritual e interno. Quando se opunham de pé e oravam de olhos fechados, suas orações não eram dirigidas a nenhum objetovisível. Para as autoridades romanas, acostumadas às manifestações materiais simbólica de seu deus, isto nada mais era do que ateísmo.


O sigilo dos encontros dos cristãos também dos cristãos também suscitou ataques morais contra eles. O vulgo popular os acusou de incesto, de canibalismo e de praticas desumanas. Entendo equivocadamente o significado de “comer e beber" os elementosrepresentativos do corpo de Cristo, o vulgo popular logo depreendeu que o cristãos matavam e comia crianças em sacrifício ao seu Deus. A expressão “ beijo da paz ” foi logo transformada em acusações de incesto e outras formas se conduta moral que repugnava à mente cultural romana. Pouco diferença fazia se estes boatos eram verdadeiros ou não.


Sociais
Os que exerciam grande atrativo sobre as classespobres e escravas, eram odiadas pelos líderes aristocráticos influentes da sociedade. Estes líderes os viam com desprezo mas temiam sua influencia sobre as classes pobres.Os cristãos defendiam a igualdade entre todos homens (CI. 3:11), enquanto que o paganismo insistia na estrutura aristocrática da sociedade em que uns poucos privilegiados eram servidos pelos pobres e pelos escravos.Economicas
A oposição que Paulo recebeu dos fabricantes de ídolos em Efeso, mais preocupados com o perigo que representava o cristianismo para seus negócios que com a ameaça possível ao culto de Diana (At. 19:27), é uma chave para a compreensão da reação daqueles cujos interesses do “ ganha - pão ” estavam ameaçados pelo avanço do cristianismo. Sacerdotes fabricantes de ídolos, videntes, pintores,arquitetos e escultores dificilmente se entusiasmaram com uma religião que ameaçasse seus meios de sustento.


No ano 250 em que a perseguição deixou de ser local e intermitente para se tornar generalizada e violenta, Roma entrava, segundo a contagem dos romanos, nos mil anos de sua fundação. Nesta época uma fome e uma agitação civil assolavam o Império; a opinião atribuía estes problemas à...
tracking img