Historia da enfermagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 61 (15135 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA DA ENFERMAGEM










Texto elaborado pela Professora Msc:
Sonia Maria Carneiro de Morais para a
Disciplina de História da Enfermagem –
UNIFEV – 2012.









HISTÓRIA DA ENFERMAGEM



[pic]

A enfermagem é uma profissão que se desenvolveu através dos séculos. Somente nos séculos XII e XIV é quehouve o progresso da ciência, aumentando os recursos profissionais na área da cura.
A profissão surgiu do desenvolvimento e evolução das práticas de saúde no decorrer dos períodos históricos. As práticas de saúde instintiva foram as primeiras formas de prestação de assistência. Num primeiro estágio da civilização, estas ações garantiam ao homem a manutenção da sua sobrevivência, estando nasua origem, associadas ao trabalho feminino, caracterizado pela prática do cuidar nos grupos nômades primitivos, tendo como pano-de fundo as concepções evolucionistas e teológicas, mas, como o domínio dos meios de cura passaram a significar poder, o homem, aliando este conhecimento ao misticismo, fortaleceu tal poder e apoderou-se dele.
Quanto à enfermagem, as únicas referências concernentesà época em questão estão relacionadas com a prática domiciliar de partos e atuação pouco clara de mulheres de classe social elevada que dividiam as atividades dos templos com os sacerdotes.
As práticas de saúde mágico-sacerdotais abordavam a relação mística entre as práticas religiosas e de saúde primitivas desenvolvidas pelos sacerdotes nos templos. Este período corresponde à fase deempirismo, verificada antes do surgimento da especulação filosófica que ocorre por volta do século V a.C. Essas ações permanecem por muitos séculos desenvolvidas nos templos que, a princípio, foram simultaneamente santuários e escolas, onde os conceitos primitivos de saúde eram ensinados.


Podemos dividir a história da enfermagem nas seguintes unidades:


(( Período antes de Cristo

((Período da Trindade ou Unidade Cristã

(( Período Crítico da Enfermagem

(( Primeiros Movimentos de Reforma da Enfermagem

(( Período Florence Nightingale

(( Enfermagem No Brasil


Período antes de Cristo - Nesse período as doenças era considerada como “castigo de Deus ou efeito do poder diabólico/demônio exercido sobre os homens”, levou os povos primitivos a recorrer a seus sacerdotesou feiticeiros, acumulando estes as funções de médico, farmacêutico e enfermeiro. A terapêutica se limitava a dois fins: tranqüilizar as pessoas por meio de sacrifícios, castigos, penitências e afastar os maus espíritos. Para isso, os meios eram variados: massagens, banhos de água fria ou quente, purgativos, substâncias provocadoras de náuseas. Tudo isso tinha por fim tornar o corpo humano tãodesagradável que os maus espíritos resolvessem abandoná-lo.


Mais tarde os sacerdotes adquiriram conhecimentos sobre plantas medicinais e passaram a ensinar pessoas, delegando-lhes funções de enfermeiros e farmacêuticos.

Egito – os egípcios deixaram alguns documentos sobre a medicina conhecida em sua época.
Do ano 4.688 a.C ao 1552 da mesma era, foram escritos seis livros sagrados, onde seacha descrita a medicina praticada no Egito. Incluem neles a descrição de doenças, operações e drogas. Um dos mais antigos desses documentos é o manuscrito de Imhotep, primeiro autor que mencionava o cérebro e seu controle sobre o corpo. A medicina egipicia tentava unir as práticas religiosas a conhecimentos científicos. As receitas médicas deviam ser tomadas acompanhadas da recitação de fórmulasreligiosas.
Prática-se o hipnotismo, a interpretação de sonhos; acreditava-se na influência de algumas pessoas sobre a saúde de outras. Havia ambulatórios gratuitos, onde era recomendada a hospitalidade e o auxilio aos desamparados.
Índia – Documentos do século VI a.C. nos dizem que os hindus conheciam: ligamentos, músculos, nervos, plexos, vasos linfáticos, antídotos para alguns tipos de...
tracking img