Histologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2420 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MICROSCOPIA - UTILIZAÇÃO DO MICROSCÓPIO A fim de obter uma melhor resolução do microscópio de luz é essencial que este esteja alinhado corretamente e os seus vários componentes ajustados. Alterações nesses componentes

4. Tomar a lâmina com a lamínula para cima e colocá-la na platina, prendendo-a com a presilha. 5. Movimentar o Charriot, fazendo com que o preparado fique em baixo daobjetiva. 6. Com o parafuso macrométrico, elevar a platina ao máximo, observando que a objetiva não toque na lamínula, pois poderá quebrála. 7. Focalizar a preparação para a obtenção de uma imagem nítida, movimentando o parafuso macrométrico e abaixando a platina até que se possa visualizar a imagem.

invariavelmente resultam em pobre visibilização dos espécimes e conseqüentemente perda de detalhesestruturais importantes. A seqüência abaixo mencionada é essencial para alinhamento do microscópio. Esta seqüência é um pré-requisito para os trabalhos práticos.

Observações: 1. A imagem proporcionada pelo M.O. é aumentada, virtual e invertida em relação ao material examinado. 2. Calcula-se o aumento da imagem obtida ao M.O. multiplicando-se o valor do aumento da ocular pelo valor do aumentoda objetiva. 3. Campo microscópico é a área da preparação que se está observando ao M.O. Quanto maior o aumento da imagem, menor é a abrangência do campo.

8. Aperfeiçoar o foco com o parafuso micrométrico. 9. Colocar a região do preparado que se quer ver com maior aumento bem no centro do campo visual da lente. 10. Movimentar o revólver, colocando em posição a objetiva de 10X (aumentomédio). 11. Verificar o foco, caso seja necessário utilizar o parafuso macrométrico para isso. 12. Colocar a objetiva de 40X (maior aumento) em posição, verificar e aperfeiçoar o foco utilizando APENAS O PARAFUSO

Manejo do Microscópio 1. Acender a lâmpada do sistema de iluminação. 2. Abrir totalmente o diafragma e colocar o sistema condensador diafragma na posição mais elevada, pois é aquela quepermite melhor iluminação. 3. Movimentar o revólver, colocando em posição a objetiva de menor aumento - 4X (aumento pequeno).

MICROMÉTRICO. 13. A objetiva de 100X não será utilizada nas aulas de histologia.

Em hipótese alguma se deve utilizar o macrométrico para focalizar na de 40 X o risco de ocorrer quebra da lâmina é muito grande.

1

http://araujoveronica.sites.uol.com.br Atividade: Identifique as estruturas indicadas

1 – Braço 2 – Objetivas 3 – Ocular 4 – Presilha 5 – Platina (mesa) 6 – Condensador

7 – Macrométrico 8 – Micrométrico 9 – Canhão 10 – Revolver 11 – Charriot 12 – Base

2

http://araujoveronica.sites.uol.com.br

TECIDO EPITELIAL DE REVESTIMENTO Identifique: 1 – Epitélio pavimentoso simples 2 – Epitélio pavimentoso estratificado 3 – Epitéliopavimentoso estratificado queratinizado 4 – Epitélio pavimentoso estratificado muito queratinizado 5 – Epitélio cilíndrico simples 6 – Epitélio cúbico simples 7 – Epitélio de transição 8 – Epitélio pseudoestratificado ciliado

3

http://araujoveronica.sites.uol.com.br

4

http://araujoveronica.sites.uol.com.br

Esquema das LâminasNúmeros:.............................................................................. Aumento:..............................................................................

5

http://araujoveronica.sites.uol.com.br

TECIDO EPITELIAL GLANDULAR Identifique: 1 – Glândula Exócrina a) Célula serosa b) Célula mucosa 2 – Glândula Endócrina a) Cordonal b) Folicular

6

http://araujoveronica.sites.uol.com.br

Esquema das LâminasNúmeros:.............................................................................. Aumento:..............................................................................

7

http://araujoveronica.sites.uol.com.br

TECIDO CONJUNTIVO – CÉLULAS e MATRIZ Identifique: 1 – Macrófago 2 – Mastócitos 3 – Plasmócitos 4 – Fibrócitos / Fibroblastos 5 – Fibras Elásticas 6 - Fibras Colágenas

8...
tracking img